Rondônia, 02 de fevereiro de 2023
Jornal Rondoniagora
Siga o Rondoniagora

Polícia

Câmeras registraram vigilante tirando a própria vida, diz PM

Terça-feira, 24 Janeiro de 2023 - 11:43 | Redação


Câmeras registraram vigilante tirando a própria vida, diz PM

Câmeras de segurança registraram o momento em que o vigilante Marcelino Moisés Pereira dos Santos, de 37 anos, tirou a própria vida com um tiro na testa, nas dependências da escola municipal São Francisco de Assis, localizada no Bairro Ulisses Guimarães, zona leste de Porto Velho. 

Conforme apurado pela Polícia Militar, era por volta das 4h15 da madrugada, quando as câmeras mostraram Marcelino sentado em uma cadeira e em determinado momento ele cai no chão. 

Outro vigilante, que chegou no local por volta das 5h47, para trocar o plantão com Marcelino, chamou pelo colega de trabalho por várias vezes, ligou, mas ele não atendeu e a testemunha ligou para seu supervisor.

Ao amanhecer, o supervisor, juntamente com o vigilante que trocaria o plantão com Marcelino, encontrou o colega de farda caído no chão, bastante ensanguentado. Uma equipe do Samu foi acionada, mas apenas constatou o óbito.

Durante os trabalhos periciais, foi constatado que o vigilante efetuou um único disparo em sua própria testa. 

Crime com a suposta participação do vigilante 

Na noite desta segunda-feira (23), o comerciante Alexandre F.C., de 48 anos, sofreu uma tentativa de homicídio a tiros, enquanto trabalhava vendendo espetinho, na Avenida José Amador dos Reis com Plácido de Castro, no Bairro JK, zona leste de Porto Velho. 

O comerciante foi alvejado com seis tiros, sendo três na parte de trás da cabeça, dois disparos na região da mão e um disparo no rosto. Ele foi levado às pressas para a UPA Leste.

Mesmo ferido, a vítima afirmou para os policiais, o vigilante Marcelino Moisés Pereira, seria o autor dos disparos efetuados contra o comerciante. Após atirar, ele fugiu do local em uma motocicleta. 

A Polícia Civil já iniciou as investigações para apurar os dois casos.

Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News

Veja Também