Rondoniagora.com

Rondônia, 29 de Setembro de 2022
Banner
Siga o Rondoniagora

Polícia

Caravana de oportunidade aquece negócios para 2ª Portoagro

Sexta-feira, 15 Julho de 2016 - 20:27 | Da Redacao


A comissão de crédito rural que integra a coordenação para realização da 2ª Portoagro já deu início aos eventos prévios da Feira de Agronegócios e Tecnologias Rurais Sustentáveis de Porto Velho. A caravana de oportunidade de crédito está passando por diversos municípios e distritos do Território Madeira Mamoré para agilizar os trâmites das propostas para financiamento de bens agrícolas.

O primeiro evento foi realizado em Itapuã do Oeste (02/07), com a contratação de 16 projetos no valor de R$ 1.100.000,00, seguido de Porto velho (04/07), quando houve a contratação de 212 projetos totalizando R$ 11.549.196,32. No dia 13 de julho, no município de Nova Mamoré, foram contratados 60 projetos em um montante R$ 4.239.525,33. Excepcionalmente, no distrito de Nova Califórnia, o evento que teve início neste dia 14 de julho com a contratação de 17 projetos (R$ 2.727.018), foi prorrogado para receber as novas propostas até o dia 17.

Esses eventos contaram com a participação das entidades parceiras, Seagri, Emater e instituições financeiras oficiais, que ficaram à disposição para elaboração de novos projetos para serem contratados durante a 2ª Portoagro. Segundo Hilton Uchoa das Neves, gerente regional da Emater, no Território Madeira Mamoré, somente para Porto velho já estão previstos a elaboração de 114 novos projetos.

A realização da caravana de oportunidade de crédito é uma forma de oportunizar os agricultores para conseguirem, em tempo hábil, agilizar suas documentações junto aos bancos, a fim de obter a liberação dos projetos elaborados pelos extensionistas da Emater-RO.

Os recursos financeiros são disponibilizados a juros subsidiados de 5,5% ao ano, para o agronegócio familiar. Com a rodada de negócios antecipada o produtor pode ainda aproveitar os benefícios oferecidas para a Safra 2016/2017. “Para custeio em pecuária leiteira, por exemplo, os juros são de 2,5% ao ano”, diz Uchoa, complementando que também houve um aumento no limite para financiamento como no caso do Pronaf Mais Alimentos, que passou de R$ 150 mil para R$ 165 mil, e para incremento das atividades frutíferas, avícolas e suínas cujo teto hoje é de R$ 330 mil.

A caravana de oportunidade de crédito deverá passar ainda por mais seis localidades, levando as facilidades para aquisição de máquinas, equipamentos, insumos e demais bens agrícolas, a fim de que a liberação dos créditos propostos seja efetivada durante a 2ª Portoagro, já que as instituições financeiras necessitam de um prazo de cerca de 60 dias para a tramitação de todo o processo.

Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News