Rondoniagora.com

Rondônia, 06 de Outubro de 2022
Banner
Siga o Rondoniagora

Polícia

Com alta de preços nos supermercados, feiras livres conquistam portovelhenses

Sábado, 23 Julho de 2016 - 15:18 | Da Redacao


Para fugir dos preços altos dos produtos alimentícios oferecidos nos supermercados da cidade, os portovelhense estão cada vez mais aderindo às compras nas feiras livres da capital. Com uma rica variedade de hortaliças, frutas, peixes, galinhas caipiras, ervas medicinais, e mais uma diversidade de outros gêneros, como roupas de cama, tapetes e eletrônicos, as feiras são a grande atração nos finais de semana.

Os feirantes, que geralmente são os próprios produtores, aos sábados se concentram na feira da Rua Nicarágua, entre a Rua Raimundo Cantuária e Avenida Amazonas, no Bairro Nova Porto Velho. “Faço isso a minha vida inteira. Meus pais eram feirantes, e está sempre foi a melhor forma de vender a nossa produção de hortaliças, diretamente para o consumidor”, declarou João Silva.

Para a professora aposentada, Nauídea Rocha, as opções de frutas e hortaliças frescas na feira sempre foram mais atraentes do que nos supermercados. “Principalmente agora, com os preços absurdos. Aqui a gente encontra tudo que precisa para abastecer a geladeira durante a semana”, disse. Acompanhada pelo filho, Arnaldo Rocha, também professor, as compras ainda se tornam um passeio familiar.

“Todo sábado eu venho com ela. Ajudo a escolher e carregar as compras. Além de compensar muito mais pelo preço dos produtos, ainda incentivamos os produtores locais com o escoamento do que é produzido aqui na cidade”, completou Arnaldo.

A dona de casa Lú Gomes afirma que vale muito a pena ir à feira, onde semanalmente a mulher costuma fazer as compras. “No mercado um maço de cheiro verde custa R$ 2, aqui a gente compra quatro pelo mesmo preço. A mesma quantidade de limões que a gente compra por R$ 5 no mercado, aqui custa R$ 2. Eu não tenho dúvidas que as feiras são sempre a melhor a opção”.

Seu Francisco Caetano é pensionista, mas diz que trabalhou na feira durante muitos anos. “Isso aqui é uma maravilha. Os produtos são frescos, bem mais baratos, e ainda ajudamos os feirantes, que precisam desse movimento para viver. Todo sábado eu venho”, revelou.

Já a aposentada Maria Ferreira Nascimento conta que, apesar de não ter a mesma frequência, adora ir à feira não só pelos preços. “Além de ser tudo bem mais em conta e de qualidade, sempre que posso eu venho, aí eu aproveito para encontrar as amigas, jogar conversa fora, acaba sendo uma diversão”.

Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News