Rondônia, sábado, 19 de setembro de 2020
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Polícia

Publicado em Quarta, 22 de Julho de 2020 - 13h29

Delegados detalham operação que descobriu falsificações para obtenção de empréstimos

da Redação


Delegados detalham operação que descobriu falsificações para obtenção de empréstimos

O corregedor-geral do Detran, delegado Glauco de Paula, informou durante coletiva realizada na manhã desta quarta-feira (22), que irá abrir um processo administrativo disciplinar contra uma servidora do órgão, investigada na Operação Loan, deflagrada pela Delegacia de Núcleo de Combate à Defraudações de Porto Velho, para desarticular uma quadrilha que atuava com falsificação de documentos para empréstimos consignados em nomes de servidores públicos.

Durante a operação, realizada durante a manhã, cinco mandados de busca e apreensão foram cumpridos pelos policiais. Vários documentos foram apreendidos e servirão para ajudar nas investigações contra os criminosos.

O delegado Swami Otto explicou que os criminosos falsificavam CNHs utilizando dados de servidores estaduais. “Eles tinham apoio de um servidor do Detran para confeccionar CNHs com dados falsos. A foto era da própria vítima, os dados também, porem o documento não havia sido solicitado por ela. A assinatura também era falsa”, explicou o delegado.

Com os documentos falsos, os criminosos abriram contas em agências bancárias, se aproveitando do período de pandemia que se torna fácil realizar esse tipo de procedimento por meio digital.

Com as contas abertas, os acusados faziam documentações para realizar empréstimos consignados, que caiam na conta dos investigados, aberta indevidamente.

Conforme o apurado pelos investigadores o prejuízo às vítimas chega a ultrapassar os R$ 740 mil e poderia ter chegado a R$ 1,5 milhão.

O delegado Swami Otto disse ainda, que durante as investigações os policiais conseguiram descobrir as pessoas que receberam esses valores. Eles descobriram também quem seria a pessoa que estava organizando a ação criminosa e o servidor que estava dando esse auxilio para a falsificação de documentos.

Segundo o corregedor geral do Detran Glauco de Paula a corregedoria já estava no encalço da servidora investigada desde o ano passado. “Ela tentou realizar operações suspeitas para fazer segunda via de CNHs, mas que não deu certo naquele ano. Com isso, a corregedoria começou a monitorar e em março deste ano os criminosos conseguiram realizar a operação”, esclareceu.

A Polícia começou a investigar depois que as vítimas começaram a procurar a delegacia ao constatar descontos em folha de empréstimos realizados pelos criminosos. Foi a partir dessas denúncias que a Corregedoria Geral do Detran e Delegacia de Núcleo de Combate à Defraudações de Porto Velho iniciaram as investigações.

O corregedor geral lembrou ainda, que em uma ação da corregedoria realizada em 2019, seis pessoas foram presas dentro do Detran com documentos falsos e com procurações falsas para retirar veículos do pátio do órgão.

O delegado Swami Otto informou que as investigações contra os criminosos irão continuar.


Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions