Rondônia, sábado, 19 de janeiro de 2019
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Polícia

Publicado em Quarta, 27 de Abril de 2016 - 13h41

DER altera projeto e espera inaugurar obras do Espaço Alternativo no fim do ano

Da Redacao


Na tarde desta terça-feira o diretor-geral do Departamento de Estradas e Rodagens de Rondônia (DER-RO), Ezequiel Neiva, se reuniu com engenheiros e empresários da construção civil, para ouvir as necessidades do setor quanto à burocracia e valores oferecidos pelo estado, e ainda esclarecer sobre as demandas de obras paralisadas.

No encontro, que aconteceu na sede do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Estado de Rondônia (Sinduscon-RO) na capital, os profissionais puderam sugerir sobre questões como a fusão do Departamento de Obras Públicas (Deosp) com DER-RO. “Sem dúvida o Deosp era um departamento que merecia receber suas próprias demandas de obras, independente do DER, para que o serviço tenha mais celeridade e atendimento específico. Mas nós já estamos conversando com o governador Confúcio Moura sobre a possibilidade de reverter esse ato”, adiantou o diretor-geral do DER.

A discussão resultou no senso comum dos participantes que o maior problema que o estado enfrenta atualmente no setor são os projetos mal elaborados, por conta do curto tempo em que são feitos para aproveitamento de recursos. “O nosso prejuízo tem sido muito maior com obras paralisadas e nós estamos trabalhando para retomar as contratações, não só de novas obras como dar solução para as que estão paradas”, declarou Neiva.

Um exemplo disso é o caso do Espaço Alternativo de Porto Velho, onde segundo o diretor do DER ainda este ano será contratado pelo valor de R$ 4,7 milhões o serviço de finalização de um elevado, que será o único mantido dos dois previstos no projeto, além de calçadas e finalizações de embelezamento da obra. “Até o final do ano estaremos, por fim, inaugurando o espaço”, garantiu.

Entre as reivindicações dos profissionais, o anseio pela readequação da tabela do Sistema Nacional de Pesquisa de Custos e Índices da Construção Civil (Sinapi), que segundo os empresários está desatualizada há mais de dois anos e não corresponde aos valores praticados no mercado do estado. “Vamos, sim, buscar o preço médio justo para atender às empresas, porque o governo precisa das empreiteiras para o crescimento do estado e desenvolvimento das nossas ações”, disse Neiva.

O presidente do Siduscon RO, Emerson Fidel, agradeceu a pré-disposição do diretor em ouvir e se comprometer em trabalhar em conjunto com o setor. Ezequiel Neiva acrescentou ainda que, para este ano, mais R$ 70 milhões devem ser investidos em obras em Rondônia, além de R$42 milhões que serão destinados para a obra da rodoviária de Porto Velho, que está com projeto em elaboração e será construída em uma área localizada na Avenida Guaporé, próximo ao Cemetron, Zona Leste da cidade.

“Também estamos com o projeto do Hospital Euro em andamento, o que deve somar R$ 170 milhões a serem injetados no setor. Dessa forma é beneficiada a classe empresária e os profissionais da área, e os cidadãos, que também ganham com os benefícios das obras”, finalizou.


(Disponível em https://www.rondoniagora.com/policia/der-altera-projeto-e-espera-inaugurar-obras-do-espaco-alternativo-no-fim-do-ano)
Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions