Rondônia, sexta-feira, 22 de novembro de 2019
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Polícia

Publicado em Segunda, 25 de Outubro de 2010 - 16h38

Morte em incêndio em Ji-Paraná: Polícia prende acusado, que confessa crime bárbaro

RONDONIAGORA


Morte em incêndio em Ji-Paraná: Polícia prende acusado, que confessa crime bárbaro
Policiais do Sevic – Serviço de Investigações e Capturas da 2ª Delegacia de Policia Civil de Ji-Paraná colocaram fim ao mistério com relação ao incêndio ocorrido na residência da vítima Maria Antonia Ordario Martinez, encontrada carbonizada em meio aos escombros. A principio era apenas mais um incêndio que havia destruído uma casa, um veiculo e conseqüentemente levado a vitima à morte por não ter conseguido sair a tempo. Porém o Delegado Derly Gouveia com sua equipe de investigação intensificou os trabalhos, pois havia coisas que não se encaixavam para ter levado Maria a morte somente pelo incêndio e depois de dias de investigação chegou-se ao autor do crime que após ser interrogado confessou detalhes. Cícero Neves Sobrinho, 33 anos foi preso na noite de ontem por porte ilegal de arma e na manhã desta segunda-feira confessou ao delegado Derly Gouveia e sua equipe ter matado a vitima a pauladas e ateado fogo na residência, utilizando para tal dois litros de gasolina que levou junto. Após ser interrogado o Delegado solicitou a prisão preventiva do acusado que já estava preso em flagrante pelo porte ilegal de arma, um revolver calibre 38, com 18 munições intactas e uma deflagrada.

Motivo

Segundo confessou o acusado em seu interrogatório o crime foi motivado pelas ameaças que a vitima fazia a ele em função de tempo atrás este ter assediado uma adolescente de 14 anos filha da vitima, tendo inclusive registrado queixa na Delegacia de Defesa da Mulher e posteriormente respondido na Justiça por acusações que segundo ele não houve. Cícero afirmou ainda que após ter respondido pelas acusações, acabou se separando da esposa porque a vitima ligava todos os dias para ameaçá-lo. No dia crime resolveu se armar com um revólver calibre 38 e a gasolina e foi tirar satisfação com a vítima sendo que no local entraram em luta corporal. A ex-mulher tentou desarmá-lo. Na confusão um tiro acertou na perna do acusado.

Ele bateu a cabeça da vitima no piso, depois bateu com um pedaço de madeira na cabeça dela, em seguida jogou gasolina e ateou fogo, saindo do local e indo para Rolim de Moura onde procurou tratamento no Hospital alegando que havia disparado um tiro acidentalmente com uma garrucha, recebeu os cuidados médicos tendo ficado internado até na manhã do último sábado, quando recebeu alta e retornou como se nada tivesse acontecido. A informação é de Valter Fernandes da Delegacia de Polícia Civil em Ji-Paraná.

(Disponível em https://www.rondoniagora.com/policia/morte-em-incendio-em-ji-parana-policia-prende-acusado-que-confessa-crime-barbaro)
Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions