Rondoniagora.com

Rondônia, 05 de Outubro de 2022
Banner
Siga o Rondoniagora

Polícia

PF desarticula organização criminosa que atuava na Eletronuclear

Quarta-feira, 06 Julho de 2016 - 12:02 | Da Redacao


A Polícia Federal deflagrou nesta quarta a Operação Pripyat*, com o objetivo de desarticular organização criminosa que atuava na Eletronuclear. Seis funcionários da empresa, que integravam o núcleo operacional das fraudes, tiveram a prisão preventiva decretada e o atual diretor foi afastado por ordem judicial.


Cento e trinta policiais federais cumprem, no Estado no Rio de Janeiro e em Porto Alegre/RS, além das seis prisões preventivas, outros três mandados de prisão temporária, nove de condução coercitiva e 26 mandados de busca e apreensão, todos expedidos pela 7º Vara Federal Criminal do Rio de Janeiro. A ação está sendo realizada em conjunto com o Ministério Público Federal.


As investigações da PF apontam que um grupo de empreiteiras atuava para desviar recursos da Eletronuclear, principalmente os destinados às obras da Usina Nuclear de Angra 3. A Operação Pripyat apura os crimes de corrupção, peculato, organização criminosa e lavagem de dinheiro, sendo um desdobramento no Rio de Janeiro da 16º fase da Operação Lava Jato denominada Radioatividade.

Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News