Rondoniagora.com

Rondônia, 06 de Outubro de 2022
Banner
Siga o Rondoniagora

Polícia

Polícia apreende carro que pode ter sido usado por criminosos em roubo que terminou com morte de sargento

Quarta-feira, 11 Maio de 2022 - 15:16 | da Redação


Polícia apreende carro que pode ter sido usado por criminosos em roubo que terminou com morte de sargento

No final da manhã desta quarta-feira (11), a Polícia Militar localizou e apreendeu um veículo Chevrolet Celta, que pode ter sido usado para dar fuga aos criminosos que participaram do roubo, que terminou com a morte do sargento da reserva Jorge Ednelson Mendes, na última segunda-feira (9), na avenida Raimundo Cantuária, Bairro Nova Porto Velho, na capital.

De acordo com informações apuradas pelo RONDONIAGORA, o Celta, de cor preta, estava abandonado na rua Pirarara, bairro Lagoa, na zona leste. O veículo estava com a placa NBD-2201, de uma motocicleta Honda C100 Drean.

Na pesquisa minuciosa, no chassi, a PM constatou que a placa verdadeira do carro era NDV-2504, que possui restrição de roubo, registrada na última sexta-feira (7).

O veículo foi removido para o pátio da Delegacia Especializada em Repressão a Furtos e Roubos de Veículos (DERFRVA), onde será periciado pela Polícia Civil.

Segundo a Polícia, o veículo possui as mesmas características do carro usado pelos criminosos no dia do roubo, um adesivo de um peixe colado no lado direito da lanterna traseira, conforme imagens registradas por câmeras de segurança.

O crime

De acordo com informações apuradas pela Polícia, dois bandidos, fortemente armados, abordaram o veículo Strada, onde estava o policial militar, juntamente com um funcionário da fábrica de refrigerantes Dydyo, no momento em que o carro parou no semáforo, e anunciaram o roubo. Os criminosos estavam em um Celta preto e puxaram o malote com cerca de R$ 28 mil. Jorge se identificou como policial e teve início a uma intensa troca de tiros.

O policial foi atingido por nove disparos: sete nas costas, um na perna e outro no ombro. Matheus foi baleado com tiros no peito, virilha e perna direita. Ele estava usando colete à prova de bala, pertencente a uma empresa de vigilância e balaclava. Os dois morreram no local. O funcionário da empresa não ficou ferido.

No momento do roubo, as vítimas estavam levando dinheiro para realizar depósito.

Várias diligências foram realizadas, mas até o momento outros envolvidos no roubo não foram localizados. A Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio já está investigando o caso.

Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News