Rondoniagora.com

Rondônia, 27 de Setembro de 2022
Banner
Siga o Rondoniagora

Polícia

Polícia registra dois casos de violência doméstica; agressor preso diz que esposa é muito violenta

Sexta-feira, 09 Dezembro de 2016 - 12:03 | da Redação


Polícia registra dois casos de violência doméstica; agressor preso diz que esposa é muito violenta

Dois homens foram denunciados na Delegacia de Polícia Civil de Ouro Preto do Oeste após agredirem as suas companheiras. Em um dos casos de violência doméstica, o agressor foi preso em flagrante e disse bater na mulher por ela ser muito agressiva.

A outra agressão ocorreu no Bairro União. Após uma bebedeira, a vítima de 22 anos foi agredida a socos e chutes pelo seu companheiro, de 44 anos, e só conseguiu se livrar das agressões porque correu. A PM foi acionada ao local e encontrou a mulher com uma lesão na boca. O agressor fugiu, mas foi localizado caminhando na rua, e acabou detido e levado para a Delegacia Civil.

A PM foi acionada ao local dos fatos e, com permissão da vítima, entraram na residência para tentar localizar o infrator. Os PMs Jean e Campos encontraram uma arma de fogo de fabricação caseira, tipo garrucha, com cabo de madeira, cano de aço envolvido por uma borracha preta. A arma foi recolhida, mas o agressor fugiu antes da chegada da PM.

A outra agressão ocorreu no Bairro União. Após uma bebedeira, a vítima de 22 anos foi agredida a socos e chutes pelo seu companheiro, de 44 anos, e só conseguiu se livrar das agressões porque correu. A PM foi acionada ao local e encontrou a mulher com uma lesão na boca. O agressor fugiu, mas foi localizado caminhando na rua, e acabou detido e levado para a Delegacia Civil.

Na DP, o marido agressor mostrou uma lesão no nariz e disse que lutou com a mulher para se defender, pois ela é muito agressiva, e investe contra ele com faca e pedras, por isso tem usado a força física para se defender. O delegado de plantão autuou o agressor na Lei Maria da Penha, decretou a sua prisão em flagrante, porém arbitrou uma fiança de um salário mínimo (R$ 880,00), por ele não ter passagem pela polícia e ser uma pessoa trabalhadora.

Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News