Rondônia, terça-feira, 12 de novembro de 2019
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Polícia

Publicado em Terça, 17 de Fevereiro de 2009 - 10h33

Policiais militares são acusados de espancar advogado

RONDONIAGORA.COM


O advogado Sidnei Solete, 32 anos, procurador do município de Ministro Andreazza, interior de Rondônia, registrou queixa no 1º DP da cidade, alegando ter sido torturado por policiais militares, sob o comando do sargento PM Ozete. A vítima teria recebido um golpe de cassetete na cabeça e ainda teria sido espancada dentro do “camburão” da polícia, no trajeto para o hospital, onde recebeu cuidados médicos.

Segundo Solete, no último domingo, por volta das 17 horas, ele e alguns amigos estavam reunidos no pátio de um posto de combustível, no centro da cidade, quando chegou a guarnição e solicitou que desligassem o som da S-10 pertencente ao dono da empresa. O advogado se identificou e informou que poderiam ficar com o som ligado até as 22 horas, como manda a lei, mas os militares não aceitaram.

Sargento Ozete ameaçou desligar o som e Solete retrucou dizendo que ele não era a lei. O policial então ordenou que seus subalternos detivessem o advogado, ocasião em que um dos militares teria golpeado a cabeça da vítima com um cassetete. A violência foi tanta que abriu um corte no couro cabeludo e o levou ao chão. Populares que presenciaram a cena saíram em defesa do advogado e os policiais tiveram que lançar bombas de efeito moral. Uma delas também teria atingido a cabeça de Solete.

Apesar de gravemente ferido, o advogado diz ter sido algemado e colocado no “camburão” da PM para ser levado ao hospital. Porém, no trajeto, os militares teriam parado a viatura para espancá-lo com pontapés. Depois de medicado, ainda algemado Solete foi levado para a delegacia, onde só tiraram as algemas devido a presença de advogados da OAB de Cacoal e por ordens do capitão PM Elcio, que chegou ao local por volta das 19h30min.

O advogado também relata que tinha em seu poder dois celulares e a importância de R$ 550,00 em espécie, os quais sumiram. A calça jeans que usava ficou ensangüentada e rasgada pelos estilhaços das bombas de efeito moral, conforme ocorrência nº 860/2009.

(Disponível em https://www.rondoniagora.com/policia/policiais-militares-sao-acusados-de-espancar-advogado)
Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions