Rondônia, 05 de Dezembro de 2022
Jornal Rondoniagora
Siga o Rondoniagora

Polícia

Prefeitura vai analisar reivindicações de estudantes sobre transporte coletivo

Segunda-feira, 16 Maio de 2016 - 20:44 | Da Redacao


O secretário Municipal de Transportes e Trânsito (Semtran), Antônio Jorge dos Santos (Jorjão), recebeu uma comissão de estudantes para discutir o aumento da tarifa do transporte coletivo em Porto Velho. No encontro, a comissão apresentou à prefeitura uma pauta de reivindicação contendo quatro itens a serem analisados pelo município.

O movimento estudantil reivindica a manutenção da tarifa no valor de R$ 2,60; a implantação do passe livre para os estudantes; melhoria na qualidade do serviço de transporte coletivo em Porto Velho; e a maior participação dos estudantes no Conselho Municipal de Transporte Coletivo (Comtrans). A pauta será discutida pela equipe técnica da Semtran e posteriormente encaminhada ao prefeito Mauro Nazif.


Ao término do encontro, Jorjão avaliou como positiva a reunião. Isso porque, segundo o secretário, o município teve a oportunidade de mostrar ao movimento estudantil um histórico de como era o serviço de transporte coletivo antes e depois que a prefeitura decretou a caducidade do contrato que havia com o Consórcio Guaporé, formado pelas empresas Três Marias e Rio Madeira, que perderam a concessão do serviço.

“Pedimos também aos estudantes que eles nos ajudem a melhorar o sistema, trazendo até nós os problemas que eles detectarem, seja com relação ao cumprimento de horário ou qualquer outra irregularidade. E acreditamos que essa maior participação deles no conselho, também seja positiva, pois assim, eles poderão ter a verdadeira noção de como é que funciona o sistema e levar essas informações até a categoria”, disse.


O secretário também lembrou na reunião que para os acadêmicos da Universidade Federal de Rondônia (Unir) foi colocado à disposição um ônibus executivo com ar-condicionado, para garantir mais comodidade no deslocamento para as aulas. “Antes, o coletivo que atendia os universitários não tinha a mínima condição de fazer o transporte por estar velho e sucateado”, ressaltou Jorjão.

A comissão reconheceu que a situação do transporte coletivo está bem melhor atualmente, desde o início das atividades da atual empresa, o Consórcio do Sistema Integrado Municipal (SIM). Mas os estudantes destacaram que ainda é preciso melhorar, principalmente no que diz respeito ao cumprimento do horário estabelecido. Conforme relataram, em regiões como a Zona Leste, os ônibus ainda estão demorando muito a passar nos pontos, o que tem feito com que eles cheguem atrasados na aula.

O secretário adiantou que o sistema ainda está se ajustando e problemas pontuais como esse estão sendo dirimidos. Jorjão afirmou ainda que, quando começou a operar, o novo sistema transportava entre 40 mil a 50 mil passageiros, e hoje o número de passageiros subiu para cerca de 80 mil passageiros. “Esse número mostra que a cidade está aprovando a mudança, porque mais pessoas estão sendo transportadas”, avaliou.

Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News

Veja Também