Rondônia, sexta-feira, 18 de outubro de 2019
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Polícia

Publicado em Sexta, 08 de Julho de 2016 - 22h03

Presidente da Funspro repudia deputados federais de Rondônia favoráveis ao PLP 257

Da Redacao


O presidente da Federação Unitária dos Servidores Públicos do Estado de Rondônia (Funspro), Tito Paz, destacou o empenho da Confederação dos Servidores Públicos do Brasil (CSPB) e entidades de base, para que o requerimento de urgência do Projeto de Lei e Proposições 257/2016, não obtivesse progresso na Câmara, nesta semana.

Para Tito Paz, o PLP 257, que autoriza o refinanciamento da dívida dos estados e do Distrito Federal com a União, terá um efeito devastador sobre os servidores públicos das três esferas de governo.

Já para o presidente da CSPB, João Domingos Gomes dos Santos, o PLP 257 é um dos mais “nefastos” que tramitam no Congresso Nacional. Segundo ele, a renegociação das dívidas públicas, proposta no projeto, será colocada na conta do servidor público.

Na quarta-feira, na Câmara dos Deputados, o PLP 257 não obteve votos suficientes, para ser submetido ao caráter de urgência de votação. Para a CSPB e entidades filiadas, que passaram à tarde na Câmara Federal com o objetivo de não deixar o projeto avançar, a rejeição ao projeto representou uma vitória após mobilização da confederação e centrais sindicais.

Segundo Tito Paz, a proposta precisava de 257 votos favoráveis, mas obteve o total de 253. O presidente da Funspro repudiou o posicionamento da bancada federal de Rondônia. Dos seis representantes do estado, apenas o deputado federal Marcos Rogério (DEM) votou contra.

Os deputados Expedito Neto (PSD), Lindomar Garçom (PRB), Lucio Mosquini (PMDB), Nilton Capixaba (PTB) e Mariana Carvalho (PSDB) foram favoráveis a votação do PLP 257 na Câmara.

Para o presidente da Funspro, nas próximas eleições, Rondônia precisa deixar de eleger deputados federais que apenas representam os interesses de suas empresas e de nomes claramente envolvidos em escândalos de desvio de dinheiro público e corrupção.

“Infelizmente, hoje temos representantes que são verdadeiras fraudes. Políticos que mancharam o nome de Rondônia com envolvimento em esquemas que tomaram proporções nacionais, outros que não tem a mínima qualificação para o cargo e os que simplesmente, decepcionaram a classe trabalhadora do nosso estado”, enfatizou Tito.

Segundo Tito Paz, a CSPB alerta para que as bases continuem se esforçando para intensificar o trabalho de convencimento dos deputados federais de seus estados, sobre o quão injusto é o PLP 257 e sobre o "estrago" que ele faz ao serviço publico, com prejuízos tanto para os servidores quanto para a população.

“Esse projeto é um ataque aos servidores públicos. E nós, enquanto entidade que defende os direitos desses trabalhadores, estaremos obstinados a impedir tal imoralidade”, concluiu Tito Paz. 


(Disponível em https://www.rondoniagora.com/policia/presidente-da-funspro-repudia-deputados-federais-de-rondonia-favoraveis-ao-plp-257)
Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions