Rondônia, sábado, 19 de janeiro de 2019
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Polícia

Publicado em Sexta, 22 de Julho de 2016 - 19h04

Primeira vacina brasileira contra dengue começa ser testada em Rondônia

Da Redacao


Pelo menos quatro pessoas já receberam uma dose da vacina teste contra dengue no Centro de Pesquisas em Medicina Tropical de Rondônia (Cepem). Os testes na capital rondoniense começaram a ser realizados nesta sexta-feira (22), pelo Instituto Butantan, órgão da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo e um dos maiores centros de pesquisa biomédica do mundo, em parceria com o Cepem e a Friocruz Rondônia.

Esta é a última etapa de testes da primeira vacina brasileira conta a dengue. Cerca de 1,2 mil portovelhenses devem participar do estudo. Logo após esta fase, a vacina será submetida à aprovação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para que possa ser produzida em larga escala pelo Butantan e disponibilizada para campanhas de imunização em massa na rede pública de saúde em todo o Brasil.

Segundo o professor da Universidade Federal de Rondônia (Unir) e pesquisador Dhélio Batista Pereira, as pessoas que vão tomar a dose da vacina são voluntários e devem ser acompanhados por cinco anos, para poder se descobrir os efeitos e eficácia da vacina. “Lembrando que o público alvo agora será dos bairros Lagoa e Lagoinha, por serem mais próximos do Cepem. E são pessoas sadias, já podem até ter tido dengue, mas não estão doentes agora”, diz Dhélio.

Além de Rondônia, mais dois estados já começaram os testes na Região Norte. No Amazonas, a Fundação de Medicina Tropical Doutor Heitor Vieira Dourado conduz os trabalhos em Manaus. E em Roraima, a aplicações acontecem na capital Boa Vista, coordenado pela Universidade Federal de Roraima. Com isso, os ensaios clínicos estarão em andamento em cinco dos 14 centros de pesquisa credenciados pelo Butantan para a realização dos estudos. Os outros dois são o Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP, na capital paulista, e a Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto, no interior do Estado de São Paulo.

No total, os testes vão envolver 17 mil voluntários em 13 cidades nas cinco regiões do Brasil. São convidadas a participar do estudo pessoas saudáveis, que já tiveram ou não dengue em algum momento da vida e que se enquadrem em três faixas etárias: 2 a 6 anos, 7 a 17 anos e 18 a 59 anos.


(Disponível em https://www.rondoniagora.com/policia/primeira-vacina-brasileira-contra-dengue-comeca-ser-testada-em-rondonia)
Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions