Rondônia, quarta-feira, 23 de janeiro de 2019
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Polícia

Publicado em Quarta, 13 de Julho de 2016 - 17h12

Projeto Doutores Sem Fronteiras atendem no Baixo Madeira em Porto Velho

Da Redacao


Os moradores ribeiros da Reserva Extrativista (Resex) do Lago Cunião e do distrito Nazaré, localizados no Baixo Madeira, em Porto Velho, estão recebendo atendimento odontológico através do projeto Doutores Sem Fronteira. Eles seguiram para as localidades nesta semana. E partir desta quinta-feira (14), a Associação dos Membros da Defensoria Pública de Rondônia (Amdepro), que foi convidada como entidade de classe, representando os defensores públicos, prestará assistência jurídica à população carente. O ‘Doutores Sem Fronteiras’ fica no Baixo Madeira entre até 25 de julho.

O grupo é formado por 20 profissionais que oferecerão tratamentos de canal, cirurgias, restaurações, implantes dentários, além de ações focadas na prevenção. Já a Amdepro quer se aproximar dos ribeirinhos, e mostrar que “existe alguém olhando juridicamente por elas, mesmo nos lugares mais longínquos do nosso estado”.

Doutores Sem Fronteiras

O criador do projeto, cirurgião dentista Caio Machado, afirma que a cada ano o projeto vem crescendo com a filosofia de ajudar pessoas e chamar a atenção do poder público. “Acredito que nós profissionais da saúde temos o dever e a obrigação de ajudarmos as pessoas carentes, utilizando nossos conhecimentos práticos e teóricos, sem pedirmos nada em troca. Fico feliz de ver que o projeto poderá aumentar seu leque de atendimentos à população ribeirinha, por meio da parceria com a Amdepro”, comenta.

O presidente da Amdepro, Bruno Balbé, explica que a Defensoria Pública do Estado (DPE) tem atribuições judiciais e também função social. “Nós vamos prestar orientações jurídicas, mas se for necessária à propositura de alguma ação judicial, iremos levar equipamentos para digitalizar e tirar cópias da documentação das pessoas, para propor a ação no Poder Judiciário em Porto Velho”, diz o presidente que destaca o apoio da DPE e do Corpo de Bombeiros, que cedeu um barco e pessoal para pilotar nas águas do Rio Madeira.

Outras ações

Outra atribuição da Defensoria Pública é a educação em direitos. Dessa forma, o presidente da Amdepro pretende ir às escolas para expor o que é a DPE. “Queremos falar sobre o que são os direitos fundamentais, além de direitos do consumidor, direito à saúde, como recorrer ao judiciário, o que a Justiça pode fazer por aquelas pessoas e mostrar a Defensoria como um meio de se alcançar a Justiça”, completa.

Os anseios coletivos e individuais da comunidade também serão atendidos. “No âmbito coletivo, por exemplo, poderemos verificar como a saúde está chegando àquela população, se tem médicos, se está faltando remédio, se tem meios para os atendimentos serem realizados, entre outros pontos. E na educação, queremos olhar se está faltando professores, se tem transporte para as crianças irem às escolas, porque é tudo via fluvial. Em suma, a Defensoria estará lá em loco para verificar todas essas questões”, conta Bruno.


(Disponível em https://www.rondoniagora.com/policia/projeto-doutores-sem-fronteiras-atendem-no-baixo-madeira-em-porto-velho)
Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions