Rondônia, segunda-feira, 18 de março de 2019
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Polícia

Publicado em Terça, 07 de Julho de 2009 - 09h30

SUSPEITO PRESO EM OPERAÇÃO CONFESSA SER AUTOR DOS TIROS NO PRÉDIO DO MP

RONDONIAGORA


SUSPEITO PRESO EM OPERAÇÃO CONFESSA SER AUTOR DOS TIROS NO PRÉDIO DO MP
O apenado Jaime Cavalheiro Gomes, 27 anos, que cumpre sentença em prisão domiciliar, confessou ser o autor dos disparos que atingiram a fachada do prédio do Ministério Público de Rondônia em Porto Velho. Ele foi capturado no último final de semana, durante operação conjunta entre o Grupo de Investigações e Capturas (GIC), Ministério Público, através do Caex e GEI – Gerência de Estratégia e Inteligência da Secretaria de Segurança Pública. O suspeito tem várias passagens na polícia e já cumpriu quatro anos de cadeia, no presídio Urso Branco.

De acordo com as declarações do suspeito, ele estaria em casa no dia do atentado, quando recebeu determinações de criminosos que estão recolhidos no Urso Branco, para fazer a “parada”. O emissário da facção criminosa que atua no presídio teria entregue a Gomes uma pistola calibre 380 com capacidade para 12 tiros e determinou que o crime deveria acontecer naquele mesmo dia. Para não perder a amizade dos colegas que estão na cadeia, o acusado aceitou e solicitou o auxílio de um homem conhecido pelo apelido de “Zerão”.

Tiros

Gomes e “Zerão” saíram de casa por volta das 22 horas, em uma motocicleta Falcon vermelha. Às 23h30min, após darem várias voltas em torno do prédio para certificarem-se de que não havia perigo de serem presos em flagrante, Gomes que estava de carona, disparou 12 tiros contra as vidraças da sede do MP, que ficaram estilhaçadas. Depois do atentado cada um foi para a sua casa. Ainda segunda a versão do suspeito, caso não obedecesse à ordem que veio do presídio, correria sérios riscos junto com os familiares.

A reportagem procurou informações junto ao delegado Jeremias Mendes, do GIC que apenas confirmou a participação das equipes e que a arma apreendida será periciada e ficará a disposição da Justiça. Mas continua trabalhando.

Pistola

Conforme as investigações, a pistola utilizada no atentado, marca Taurus nº KS677195 pertencia a um ex-policial militar e havia sido roubada. A arma foi apreendida na madrugada do último dia 25 de junho, pela PM, após assalto que teria sido praticado por Luiz Nunes da Costa Neto, no bairro Flodoaldo Pontes Pinto, zona Norte da capital rondoniense. Três dias antes do roubo, Jaime Cavalheiro Gomes teria vendido a pistola a Neto por R$ 750,00.

(Disponível em https://www.rondoniagora.com/policia/suspeito-preso-em-operacao-confessa-ser-autor-dos-tiros-no-predio-do-mp)
Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions