Rondônia, sábado, 18 de agosto de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Política

Publicado em Terça, 11 de Junho de 2013 - 18h22

A LIÇÃO DE MORAL DO CONSELHEIRO EDILSON SILVA, DO TCE

RONDONIAGORA


Recomeçando

A partir desta terça-feira os jornalistas do RONDONIAGORA atualizarão os leitores com os bastidores da política rondoniense com a Coluna Primeira Mão. Acompanhe, a qualquer hora do dia.

Business center

Dos 7 conselheiros do Tribunal de Contas de Rondônia, 2 levantaram suspeitas sobre os jornais a respeito da obscura licitação da empresa vencedora da atualização do software E-Cidade. José Euller Potyguara e Edilson Souza e Silva pediram apoio político ao presidente da Assembleia Legislativa, Hermínio Coelho (PSD), para blindar a Corte de Contas e atacaram os jornalistas responsáveis pela edição da matéria publicada no domingo.

Limpeza é ele...

O conselheiro EDÍLSON DE SOUZA SILVA é um homem esperto. Preso durante a Operação Dominó, acusado de chefiar o esquema de corrupção no Tribunal de Contas não pensou duas vezes: o Ministério Público Federal ofereceu a possibilidade suspender o processo, caso aceitasse o que se chama de sursis no mundo jurídico, que nada mais é do que um período de prova em que fica sob o olhar da Justiça e depois se limpa. Pois bem, de 4 de novembro de 2008 a 4 de novembro de 2010 ele não podia sair da cidade sem comunicar a Justiça Federal. Passado o período voltou a ser um ficha limpa no Tribunal de Contas. É assim mesmo a Lei. Edilson está totalmente limpo....

Mas não era assim

Leiam atentamente quem era EDÍLSON DE SOUZA SILVA, segundo denuncia oferecida ao Superior Tribunal de Justiça pela Subprocuradora-Geral da República, DEBORAH MACEDO DUPRAT DE BRITTO PEREIRA:

                                  Trabalhou por muito tempo na ALE-RO, inclusive assessorando Carlão e patrocinando interesses seus e de seus familiares, em feitos judiciais. Auxiliava, ainda, o grupo do deputado em suas articulações políticas. Em reconhecimento aos seus trabalhos, Carlão conseguiu a nomeação de Edílson, em novembro de 2005, para o cargo de conselheiro do TCE-RO.

                                 ...Conversa entre ambos, logo após a nomeação, é eloqüente a respeito. Aliás, o diálogo registra um fato interessante. Quando definida a nomeação de Edílson para o cargo de conselheiro, este se dirige à prisão, onde se encontravam recolhidos Moisés, Marlon e Haroldinho. Edílson, em seu depoimento, confirma o episódio (f. 222), como também Moisés (f.243). Em diálogo travado entre Edilson e a esposa de Carlão, ambos comentam sobre a festa da posse, ocasião em que Edilson diz que Carlão fez um Conselheiro, fez um Desembargador, ele tinha que festejar isso (f. 35).

                                    ...Já no cargo de conselheiro, Edilson começa a articular com o deputado Carlão a nomeação do auditor Valdivino Crispim de Souza para o cargo de conselheiro do TCE-RO26. Valdivino Crispim toma posse no cargo em 19.4.2006. Diálogo travado entre Carlão e Moisés revela o interesse do grupo
nessa nomeação: ter totalmente sob controle o TCE-RO.


E agora está limpo

Pois é esse mesmo conselheiro que foi reclamar ao presidente da Assembleia Legislativa, Hermínio Coelho, que não tinham nenhuma moral os jornalistas autores das denuncias feitas contra o Tribunal de Contas no final de semana publicadas nos jornais RONDONIAGORA e ESTADÃO. Certamente não temos mesmo essa privilegiada moral que Edilson tem de sobra.

Peixe fisgado

E a Prefeitura de Porto Velho também iniciou a cotação de empresas com softwares de gestão. O valor mínimo alcançado é R$ 18 milhões. Se o prefeito Mauro Nazif optar pelo E-Cidade, defendido pelos conselheiros do Tribunal de Contas, terá que morrer abraçado com a DBSELLER, firma que desenvolveu o sistema e única com técnica para atualização, capacitação e adaptação a realidade do município.

Rede TV

Euclides Maciel volta para a Rede TV. O Fique Ligado, programa matinal na emissora do senador Acir Gurgacz, vai bater pesado na gestão do prefeito Mauro Nazif (PSB). Só pra lembrar o leitor, o vice-prefeito Dalton di Franco é funcionário de Acir há muitos anos e apresenta o Plantão de Polícia na mesma emissora.

Ainda o Tribunal de Contas

Estarão nas próximas horas na Assembleia Legislativa os nomes de Juscelino Amaral, Elizete Lionel e Gilvan Ramos para apreciação dos deputados estaduais. O mais votado será indicado para ocupar a vaga de conselheiro do Tribunal de Contas de Rondônia aberta com a aposentadoria do ex-presidente José Gomes de Mello. A preferência do governador Confúcio Moura é pelo seu contador Gilvan Ramos, atual gerente da Secretaria de Finanças.

O mundo gira...

Juscelino Amaral não tem a menor chance. É queimado com os deputados estaduais desde os tempos da chefia da Casa Civil. Quando os deputados ligavam para discutir algum pleito do interior, Juscelino sequer atendia o celular e sua assessoria nunca retornava os recados deixados pelos parlamentares. Acabou defenestrado do cargo e sem crédito junto aos deputados. Nem adianta procurar essa turma.

Mentira tem perna curta

Coube a assessoria do prefeito Alex Testoni explicar o encontro casual com o noviço político acometido de loucura. O  prefeito de Ouro Preto foi almoçar numa churrascaria de Porto Velho e foi abordado pelo cidadão, que já mandou seus lacaios fazerem fotos para registrar o “evento do ano”. Não houve conversas sobre conjuntura política e muito menos sobre  futuras alianças. Tudo não passou de mal entendido, pelo menos da parte do prefeito Alex Testoni.

Malas afiveladas

Empresário Mário Português parece a rainha do baile. É cobiçado por vários partidos, mas sua preferência está no PSC ou no PMDB. Ele deixou o PPS porque não coaduna com a linha política do ex-governador João Cahulla.


Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions