Rondônia, segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Política

Publicado em Quarta, 17 de Outubro de 2012 - 16h36

Acir acerta em Brasília maior tráfego de banda larga em Rondônia

Senado


As condições de acesso à internet banda larga e de telefonia fixa e móvel devem melhorar em Rondônia nos próximos meses. Isso porque a integração plena das redes de telecomunicações do Estado à rede nacional será concluída em novembro, quando o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, virá à Rondônia para celebrar essa nova etapa na implantação do Programa Nacional de Banda Larga (PNBL) na Amazônia. A confirmação foi dada pelo ministro Paulo Bernardo aos senadores Acir e Assis Gurgacz, titular e suplente em exercício, em audiência na tarde. O dia da solenidade ainda será acertado pelo ministro com o governador Confúcio Moura.A ampliação da cobertura dos cabos de fibra ótica, por satélites e torres de rádio possibilitará acesso em alta velocidade aos moradores de todas as cidades e áreas rurais. A implantação desta estrutura está sendo realizada pela Telebras em parceria com as operadoras do sistema de telecomunicações e o governo do Estado, e tem um custo estimado em R$ 100 milhões. “Apresentamos demandas pontuais de alguns municípios do interior do Estado, que estão isolados, sem comunicação, e ficamos satisfeitos com a cobertura que está sendo implantada por este programa que massificar o acesso à internet e melhorar a qualidade da telefonia”, disse Acir.

De acordo com o ministro das Comunicações, faltam apenas oito quilômetros para que a rede de cabos de fibra ótica da Telebras alcance a Capital do Estado. A expectativa do ministro é que isso ocorra em novembro e sua previsão é que, em três anos, os 52 municípios do Estado estejam conectados via fibra ótica, oferecendo acesso à internet de qualidade e alta velocidade a todos os rondonienses. Dez cidades de Rondônia estarão conectadas com fibra ótica até o fim do ano. Em 2014, o objetivo é chegar a 27.

A Telebras desenvolveu um projeto específico para atender a Região Norte. Para as localidades onde o backbone da empresa não chegar, será utilizado um satélite geoestacionário, previsto para entrar em operação até o final de 2014. Por meio do PNBL, o governo do Estado pretende conectar escolas, unidades de saúde, delegacias de polícia, de trânsito e toda a estrutura administrativa do Estado, além de disponibilizar internet sem fio nos espaços públicos e disseminar os telecentros.

Segundo dados de 2010 da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), há apenas 69 mil conexões à internet em Rondônia, das quais 86% com velocidade de no máximo 2 Mbps. Isso significa que apenas 13,4% da população tem acesso à internet no Estado. Para ampliar o acesso à internet em Rondônia foi assinado um termo de compromisso entre o Ministério das Comunicações, a Anatel e as operadoras para provimento de internet popular, com 1 mega de velocidade, a preço mais acessíveis. Esta internet popular já atende duas mil pessoas em Porto Velho.

Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions