Rondônia, 08 de Dezembro de 2022
Jornal Rondoniagora
Siga o Rondoniagora

Política

ATÉ AGORA, CONFÚCIO NÃO EXPLICOU AUMENTO EM MAIS DE R$ 7,5 MILHÕES DE PATRIMÔNIO EM 2 ANOS

Terça-feira, 03 Agosto de 2010 - 16:17 | RONDONIAGORA


Com o jeito tranqüilo, prometendo grandes realizações e o fim da corrupção em Rondônia, o médico e ex-prefeito Confúcio Moura (PMDB) não conseguiu explicar até hoje a mágica de em 24 meses pular de R$ 319.900,00 (segundo dados da Justiça Eleitoral) para R$ 8.554.881,14 o valor do seu patrimônio. No Ato Cívico da OAB, o candidato a governador peemedebista tentou desmerecer a informação, explicando que os recursos foram acumulados graças a Medicina, que emprega além dele, a mulher e um dos filhos. Mas as justificativas de Confúcio Moura deixaram mais dúvidas do que esclarecimentos. Hoje o salário do médico, segundo o sindicato da categoria, gira em torno de R$ 9.000,00. Mesmo se Confúcio, a mulher e a filha ganhassem dois contratos e sem gastar um único centavo, desde 2008 a família Moura geria somado R$ 1.296.000,00 número distante dos R$ 8,5 milhões declarados ao Tribunal Regional Eleitoral. Por outro lado, o candidato do PMDB também falou de aquisição de terras, informação sonegada na declaração ao TRE em 2008, quando disputou a reeleição a Prefeitura de Ariquemes.



Família Raupp

Confúcio Moura tem dito aos quatro cantos do Estado que não vai permitir que seu Governo seja administrado por familiares seus. Na verdade, o ex-prefeito já tem uma dívida com o senador Valdir Raupp, que garantiu sua candidatura ao Palácio Presidente Vargas, mesmo chamuscando a relação com o Partido dos Trabalhadores (PT). Raupp já tem o secretariado pronto para assumir o Estado no dia 1º de janeiro, caso Confúcio vença a disputa eleitoral. Arno Voight e José de Almeida Junior, segundo informações, seriam os primeiros a encabeçar a lista de futuros secretários.
Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News

Veja Também