Rondônia, sexta-feira, 17 de agosto de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Política

Publicado em Segunda, 10 de Outubro de 2011 - 14h31

Cacoal recebe avançado centro de tratamento de câncer

Decom


Um dos centros de tratamento de câncer mais avançados do país em termos de tecnologia de diagnóstico e tratamento foi inaugurado em Cacoal, numa grande festa que reuniu o ministro da saúde, Alexandre Padilha, o governador Confúcio Moura, que pela primeira vez apareceu a um comprmisso oficial no interior acompanhado da primeira-dama, Alice Moura; os três senadores, a maioria dos deputados federais, deputados estaduais, o prefeito de Cacoal, padre Franco Vialetto, que é o idealizador do hospital, membros da Associação São Daniel Comboni (Assdaco), que promoveram vários eventos para arrecadar recursos para a obra e centenas de moradores, orgulhosos do novo hospital.

De acordo com o ministro Alexandre Padilha, que conhece toda a estrutura hospitalar de alta complexidade no país, inclusive da Universidade de São Paulo, um dos maiores das América Latina, “no Brasil pode existir algum hospital no mesmo nível, mas nenhum está acima das condições técnicas deste hospital”, afirmou.
Só o aparelho de radioterapia, um moderno acelerador linear, custou cerca de dois milhões de dólares e tem capacidade para fazer até cem tratamentos por dia. O equipamento funciona de maneira muito semelhante a um aparelho de raios-x, porém mais sofisticado, com um feixe de radiação controlado que incide direto no alvo a ser tratado. No Brasil existem apenas cinco do mesmo modelo do instalado em Cacoal.

O ministro anunciou ainda que a vistoria feita por técnicos do Ministério da Saúde concluiu que o Centro de Oncologia e Hematologia do Hospital São Daniel Combni está em condições de ser credenciado imediatamente pelo SUS e passe a atender a qualquer paciente que precisar de atendimento. Também anunciou durante a cerimônia de inauguração a liberação de recursos para a compra de todos os equipamentos para 12 UTIs no hospital.

O Hospital São Daniel Comboni foi idealizado pelo padre Franco Vialetto, depois que uma irmã e o cunhado morreram em decorrência de complicações causadas pore câncer e deixaram para ele todos seus bens para que usasse da forma que bem quisesse. O padre juntou todos os bens, vendeu e decidiu construir um grande hospital em Cacoal, com especialização no tratamento do câncer. No início, há mais de dez anos, era um sonho inimaginável, que acabou se tornando realidade, a partir da mobilização de toda a sociedade cacoalense, com destaque para João Picheck, que doou a área e do envolvimento da classe política.

O hospital, que ao final de toda a obra terá entre 100 a 150 leitos, custou até agora cerca de R$ 16 milhões, a maioria doações de ONGs italianas ligadas a Igreja Católica, R$ 6,5 milhões do governo, sendo R$ 1,5 milhão no governo Cassol e R$ 5 milhões no governo atual e outra parte arrecadações por meio de ações beneficentes promovidas pea Assdaco.

Após a inauguração do centro oncológico, o governador Confúcio Moura e o ministro Alexandre Padilha ainda visitaram o Hospital Regional, maior complexo hospitalar do interior.

Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions