Rondônia, 02 de Dezembro de 2022
Jornal Rondoniagora
Siga o Rondoniagora

Política

CASSOL E CAHULLA ADMITEM GASTOS DE R$ 22 MILHÕES NA CAMPANHA EM RONDÔNIA

Quinta-feira, 22 Julho de 2010 - 16:33 | RONDONIAGORA


O ex-governador de Rondônia, Ivo Cassol (PP) e o atual governante, João Cahulla (PPS) admitem que poderão gastar cerca de R$ 22 milhões na campanha eleitoral deste ano. Cassol busca o Senado e tem a maior previsão entre os que disputam uma das duas vagas: R$ 10 milhões. No caso do Governo, Cahulla empata com outro pretendente: Expedito Júnior (PSDB). Os dois informaram ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) de Rondônia que podem gastar até R$ 12 milhões cada um. A previsão dos demais pretendentes é a seguinte: Confúcio Moura (PMDB) gastará até R$ 10 milhões; Eduardo Valverde (PT) gastará até R$ 10 milhões; Marcos Sussuarana cerca de R$ 100 mil. Para os cargos ao Senado será assim: Agnaldo Muniz (PSC) admite gastar até R$ 6 milhões; Pastor Aluizio Vidal (PSOL) cerca de 80 mil; Antônio Everaldo Joca (PSOL) cerca de 80 mil; Melki Donadon (PHS) diz gastar cerca de R$ 600 mil; Valdir Raupp (PMDB) gastará até R$ 6 milhões; Valdomiro Corá (PV) gastará até R$ 800 mil; Fátima Cleide (PT) gastará até R$ 6 milhões. A previsão total de gastos na campanha em Rondônia será de R$ 73 milhões e 660 mil.
Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News

Veja Também