Rondônia, 07 de Dezembro de 2022
Jornal Rondoniagora
Siga o Rondoniagora

Política

CONFÚCIO DIZ TER HERDADO DÍVIDA DE R$ 170 MILHÕES E DETERMINA SUSPENSÃO DE PAGAMENTOS

Quinta-feira, 03 Fevereiro de 2011 - 09:45 | RONDONIAGORA


Parece que a comissão de transição, chefiada pelo cunhado Francisco de Assis Oliveira, não adiantou para o futuro governador Confúcio Moura (PMDB) tomar conhecimento do que estava recebendo no dia 1º de janeiro. Depois de 33 dias no cargo, o chefe do Executivo descobriu que herdou uma dívida de R$ 170 milhões do Governo João Cahulla (PPS), dos quais R$ 66 milhões na pasta da Saúde e o restante do débito espalhado pelo restante das secretarias. No caixa, o governo passado, segundo Confúcio, deixou R$ 22 milhões e somente R$ 2 milhões na Secretaria de Estado da Saúde (Sesau). O governador prometeu suspender os pagamentos porque não há dinheiro disponível. Sugeriu aos empresários buscar os recursos via banco com aval do Governo, o que é vedado pela administração pública, a exemplo das mal utilizadas Antecipação de Receitas Orçamentárias (AROs). “ A minha prioridade é de tocar o meu governo. Os meus compromissos de governo receberão absoluta prioridade. O meu mês será pago. Débitos do governo passado sem provisão de dinheiro em caixa deverão ser negociados. O governo infelizmente deve, não nega e pagará”, disse o chefe do Executivo. Em seguida emendou: “claro que as dívidas processadas e fundadas terão que ser pagas. As outras que nao tiverem processos formais concluídos deverão ser auditadas e depois julgadas. Mas todos os processos deverão ser remetidos ao Tribunal de Contas do Estado e ao Ministério Público para conhecimento, porque não tenho condições de assumir pra mim imensa responsabilidade”.
Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News

Veja Também

Depois do Núcleo de Imaginação, governador pede dinheiro emprestado

Depois de virar galhofa no jornal Folha de S. Paulo por ter anunciado o Núcleo de Imaginação Permanente formado por pessoas com cargo de confiança,...

Soluções mirabolantes de Confúcio podem gerar crises de constitucionalidade e legalidade, alerta MPT

O Procurador Chefe Substituto da Procuradoria Regional do Trabalho da 14ª Região (PRT-14), e coordenador regional da CONAP - Coordenadoria Nacional...