Rondônia, domingo, 19 de agosto de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Política

Publicado em Segunda, 20 de Janeiro de 2014 - 08h31

Confúcio tira adversários do páreo

RONDONIAGORA


Confúcio tira adversários do páreo

GOVERNADOR CONSOLIDA PROJETO DE REELEIÇÃO ATRAINDO ALIANÇAS IMPROVÁVEIS

O governador Confúcio Moura (PMDB) assumiu o comando das negociações com lideranças políticas de todos os setores para consolidar seu projeto de reeleição. Em público, ele não confirma a disposição para o segundo mandato, explicando que só poderá anunciar a decisão em março, após uma conversa com o senador Valdir Raupp, dirigente do PMDB rondoniense. Mas nos bastidores, o chefe do Executivo já conversou com potenciais adversários e até rivais, distribuindo cargos, obras e apagando incêndios dentro do seu próprio grupo.

Na última semana, Confúcio reuniu-se com o ex-senador Expedito Junior (PSDB) e o ex-governador José Bianco (DEM). Convidado a integrar o que apelidaram de “frentão”, o tucano explicou que não pode recuar nas suas pretensões ao Governo por causa do palanque ao senador Aécio Neves, futuro candidato a presidência da República do PSDB. Na verdade, Expedito tem pesquisas colocando-o com folga na frente de Confúcio e de outros adversários políticos. Com Bianco, Confúcio não precisa se preocupar. Dificilmente, ele vai disputar o Governo e prefere concorrer a Assembleia Legislativa, mas não terá seu apoio porque o ex-prefeito acredita que a operação da Polícia Civil em seu município ocorreu para tentar desgastar sua imagem junto ao eleitorado.
Testoni está fora ou será vice

Antes de Expedito e Bianco, Confúcio também conversou com o prefeito de Ouro Preto do Oeste, Alex Testoni (PSD). O prefeito desistiu da disputa pelo Governo e confirmou que pode até sair de vice, mas esqueceu de combinar com o presidente regional do PSD, deputado Moreira Mendes. Com Testoni fora do caminho, restou ao governador manter conversações com dois grandes adversários, Ivo Cassol (PP) e Hermínio Coelho (PSD).

A grande surpresa foi a receptividade do senador e presidente do PP. O parlamentar designou o ex-deputado Miguel Sena e o deputado federal Carlos Magno (PP) para conduzir as conversações com os outros partidos, inclusive com o PMDB. Nessa composição, o bloco de sustentação do senador poderia indicar o futuro candidato a vice-governador. Os deputados Carlos Magno e Neodi Carlos (PSDC) já toparam a missão.

PMDB descarta Hermínio

Em relação ao presidente da Assembleia Legislativa, Hermínio Coelho, o grupo do governador avalia que ele está fora da disputa pelo Governo neste ano. Entendem que o PSD não poderá dar a vaga ou mesmo atrair o deputado federal Moreira Mendes, amigo pessoal de Confúcio, para uma composição, sacrificando Hermínio, que teria assegurada apenas a vaga de candidato a deputado estadual nestas eleições.

PT também é convidado

Mesmo com o nome do deputado federal Padre Ton como virtual candidato a governador, o PT também foi convidado a participar da aliança governista. A legenda já fez parte do Governo Confúcio Moura, mas alegando diferenças deixou a gestão da Cooperação e “devolveu” os cargos. Alguns petistas, a exemplo do presidente da Agência de Defesa Sanitária (Idaron), Marcelo Henrique, preferiram pedir suspensão temporária da legenda e permanecer no Governo.

Para o PT, o PMDB estaria disposto a entregar a vaga de candidato ao Senado na chapa. Nesse caso, o senador Acir Gurgacz (PDT) sofreria uma terrível traição do grupo governista. O parlamentar tem feito um trabalho operante em Brasília buscando recursos para o Governo Confúcio. Acir sabe da articulação em andamento e até abriu espaço no grupo de comunicação comandado pela sua família ao ex-senador Expedito Junior, o principal adversário, no momento, do governador Confúcio Moura.

PSB de Nazif também está comprometido

O PSB do prefeito Mauro Nazif também está comprometido com o “frentão” organizado pelo governador Confúcio Moura. A legenda aceitou cargos na gestão estadual. O vice-presidente do partido, Claiton Roque, foi nomeado com CDS 17 para assessoria técnica especial da Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico e Social. O próprio prefeito de Ji-Paraná, Jesualdo Pires, cuja gestão tem sido contemplada com volumosos recursos estaduais, também aposta na reeleição do governador.


Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions