Rondônia, sexta-feira, 28 de fevereiro de 2020
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Política

Publicado em Terça, 02 de Março de 2010 - 12h00

CPI avança e investigação alcança resultados práticos, diz Tiziu

ALE


O deputado estadual Tiziu Jidalias (PP-Ariquemes), presidente da CPI das Usinas do Madeira, disse hoje estar tranqüilo com os rumos do trabalho investigativo. No início, segundo ele, houve críticas de alguns setores, mas os resultados até agora estão sendo alcançados. “Não me preocupo nem um pouco com aqueles que ficam na beirada da estrada criticando e jogando pedras, pois fomos diretamente no foco do problema, buscamos as comunidades como os ribeirinhos, a população de Mutum -Paraná, a Colônia de Pescadores, que estão sendo os primeiros e mais prejudicados”, explicou o parlamentar.

Ainda segundo o deputado, as comissões técnica e jurídica evoluíram muito em seus trabalhos neste período de fim de ano, não parando no recesso parlamentar. “Os trabalhos internos continuaram com toda a seriedade e força e esta seriedade que foi imprimida na CPI das Usinas está sendo reconhecida por toda a sociedade, ao mesmo tempo que a Câmara de Vereadores de Porto Velho decidiu também por realizar uma CPI por reconhecerem que muitas coisas devem ser esclarecidas”. Vereadores e seus assessores jurídicos se reuniram com a assessoria da CPI promovida pela Assembléia, e informações foram compartilhadas, “não vamos reter só para nós estas informações, sei e creio que com a mesma força e seriedade que imprimimos nesta CPI, a Câmara de Vereadores de Porto Velho também pode fazer”, disse convicto e seguro Tiziu.

Com o avanço dos trabalhos realizados pela CPI das Usinas, pontos de discórdia começaram a aparecer. O primeiro deles e o que tem mais preocupado o deputado Tiziu, é que dos recursos provenientes das compensações 120 milhões de reais serão aplicados em um recente criado pela União Federal Instituto Ambiental, o Instituto Chico Mendes de Biodiversidade – ICMbio. Esse dinheiro, deriva de compensações sociais e ambientais, que sua aplicação se deve pelos transtornos sociais e ambientais gerados pela construção das Usinas. O que não ficou claro para o deputado é o motivo que levou a destinarem este recurso de 120 milhões de reais para um órgão Federal. “Este é o dinheiro do povo de Rondônia, e vejo isto como um grande prejuízo para os rondonienses, pois este montante vai embora de nosso Estado e a nosso ver deveria ser aplicado diretamente para o bem da sociedade rondoniense”, salientou.

Trabalho fora do Estado

Tiziu tem feito neste começo de ano uma maratona nas instâncias superiores em Brasília, por não concordar com a destinação destes R$ 120 milhões de reais para fora do Estado de Rondônia, inclusive protocolando ofício junto à Casa Civil em Brasília com laudo e documentos demonstrando a necessidade do povo de Rondônia. Em sua pasta carrega a proposta de reverter este recurso para a saúde, aplicando principalmente na cidade de Porto Velho. “É um absurdo o povo de Rondônia sofrer as consequências e ainda ver a compensação devida ser aplicada fora do Estado, é algo que plenamente não concordo, isto me incomoda muito”, ressaltou. Quanto aos que se preocupam com o deputado não estar aparecendo muito, ele apenas disse que sua maior preocupação é realizar o seu trabalho, pois ele foi eleito para ser deputado e não um participante de reality show.

(Disponível em https://www.rondoniagora.com/politica/cpi-avanca-e-investigacao-alcanca-resultados-praticos-diz-tiziu)
Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions