Rondônia, 28 de Novembro de 2022
Jornal Rondoniagora
Siga o Rondoniagora

Política

CPI terá dia mais tenso nesta terça com depoimento de produtores

Segunda-feira, 17 Novembro de 2008 - 13:54 | RONDONIAGORA.COM


Desde a instalação, a Comissão Parlamentar de Inquérito, criada para investigar a cartelização do preço do leite, promete o dia mais tenso nesta terça-feira, quando serão ouvidos os produtores rurais, os mais prejudicados na cadeia produtiva com os baixos valores repassados pelo leite “in natura”.

Marcada para começar às 10 horas, no Plenarinho da Assembléia Legislativa, a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Leite, presidida pelo deputado Jesualdo Pires (PSB), os representantes do setor já anteciparam que väo denunciar a falta de compromisso dos laticínios com a classe produtora.

Desde a sua instalação a CPI já colheu depoimentos do secretário de Estado da Agricultura (Seagri), Carlos Magno; do secretário Executivo da Emater/RO (Associação de Assistência Técnica e Extensão Rural), Sorrival de Lima; de técnicos da Câmara Setorial do Leite; do Programa Estadual da Qualidade e Produtividade do Leite (Pro-Leite); do presidente da Federação dos Trabalhadores da Agricultura (Fetagro), Lázaro Dobre e do superintendente da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), Everaldo Santos.

Requerida pelo deputado Jesualdo Pires para averiguar indícios de cartel na produção do leite em Rondônia, a CPI questiona, principalmente a defasagem entre o preço do leite pago pelos laticínios aos pequenos produtores rurais e os preços praticados pelo comércio varejista aos consumidores finais, além do excessivo prazo de pagamento pelo leite “in natura” dos laticínios aos produtores.
Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News

Veja Também