Rondônia, segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Política

Publicado em Segunda, 14 de Fevereiro de 2011 - 17h03

Decom tenta justificar contratação de publicidade emergencial e garante que cirurgias em Rondônia estão comprometidas

RONDONIAGORA


Em mais uma tentativa de viabilizar juridicamente a contratação de uma agência de publicidade emergencial e assim satisfazer o interesse de emissoras de TV e jornal, o Departamento de Comunicação do Governo de Rondônia enviou matérias a imprensa assegurando que há falta de sangue na Fundação Hemeron e isso pode comprometer cirurgias no Estado. Na verdade a notícia é parte de uma estratégia para tentar contratar uma empresa de publicidade para realizar campanha emergencial para doação de sangue, acidentes de trânsito e perigo de contágio por DSTs no carnaval. Na matéria enviada a imprensa, o ex-vereador Ted Wilson, da Fhemeron confirma que houve muita doação, mas também envio de sangue a hospitais.

Na verdade uma campanha de publicidade pouca muda a iniciativa das pessoas em fazer doações: há Lei no Estado que assegura a doadores isenção em todos os concursos públicos, além de que as autoridades poderiam realizar campanhas internas nas empresas, faculdades, forças armadas e policiais para esse incentivo. Veja a matéria enviada sobre o assunto pelo Decom:

Falta de sangue na Fhemeron pode comprometer cirurgias
 
Porto Velho, 14 de fevereiro de 2011 - Em duas semanas a Fundação de Hematologia e Hemoterapia do Estado de Rondônia (Fhemeron) liberou para os hospitais da rede pública e privada 1.210 bolsas de sangue, o maior fornecimento de sangue da história da instituição.
 
Atualmente a Fhemeron está com o estoque de sangue muito baixo. Alguns fatores estão em falta, como é o caso do O (-). O B (-) tem apenas oito bolsas e o AB (-) apenas uma. O sangue O (+), um dos fatores mais usados, tem apenas 45 bolsas.
 
O presidente da Fhemeron, Ted Wilson, disse que “a instituição nunca arrecadou tanto sangue quanto no mês de janeiro, mas em compensação também nunca usou tantas bolsas de sangue neste período”.
 
O motivo do aumento da demanda deu-se em virtude do mutirão de cirurgias realizadas no hospital de Base Ary Pinheiro em Porto Velho, atendendo determinação do governador Confúcio Moura para desafogar a demanda de pacientes que aguardam por cirurgias ortopédicas.
 
Ted Wilson tem contado com a colaboração dos veículos de comunicação para sensibilizar as pessoas a doarem sangue. A instituição esta desenvolvendo a campanha “Estenda seu braço, doe sangue, salve vidas”. Desde o dia 10 janeiro a Fhemeron tem feito contato com empresas e instituições governamentais para que ajudem a salvar vidas doando sangue.
 
Nos dias 8 e 9 deste mês a Fhemeron fez coleta externa na Faculdade São Lucas. Nos dias 10 e 11 na faculdade de Ciências Humanas, Exatas e Letras de Rondônia (Faro). No próximo dia 19 a instituição fará coleta na igreja Universal do Reino de Deus, localizada na Avenida Joaquim Nabuco e dia 20 na policlínica Hamilton Godin na zona Leste de Porto Velho.
 
A Assistente Social e responsável pelo setor de coleta, Maria Luiza Pereira, disse que a Fundação Fhemeron tem ido até o doador e pedido para que os familiares dos pacientes que foram atendidos com o mutirão de cirurgias do hospital de Base - e conseqüentemente com bolsas de sangue - doem sangue para que outros pacientes também possam ser atendidos.
 
 
Requisitos para doação:

- Estar em boas condições de saúde
- Ter entre 18 e 65 anos – ter peso igual ou superior a 50 kg
- Vir alimentado, evitando alimentação gordurosa (aguardar 3 horas após o almoço e 1 hora após o lanche)
- Homem pode doar até quatro vezes ao ano com intervalos de 60 dias
- Mulher pode doar até três vezes por ano com intervalos de 90 dias
- Ter dormido pelo menos seis horas nas últimas 24 horas
 
Impedimentos temporários:
- Estar gripado ou com febre
- Estar grávida ou até três meses após o parto
- Estar em tratamento médico
- Ter ingerido bebida alcoólica no dia da doação
- Ter tatuagem feita há menos de 1 ano
- Ter realizado tratamento de acupuntura nos últimos 12 meses
- Ter recebido transfusão de sangue e seus derivados há menos de 1 ano
- Ter tido malária nos últimos 12 meses
- Ter feito endoscopia digestiva nos últimos 12 meses
 
Impedimentos definitivos:
- Ter tido doença de chagas
- Ter tido hepatite após os 10 anos de idade
- Ter sido exposto à situação de risco para AIDS, ou seja, homossexuais, bissexuais, usuários de drogas ou tóxico, heterossexuais com vários parceiros ou com hábitos promíscuos.
 
O presidente da Fundação Fhemeron, Ted Wilson ressalta ainda que, para garantir a saúde de quem vai doar e de quem vai receber o sangue, o doador passa por uma bateria de exames. O processo é rápido e seguro, leva em média 40 minutos.
 
Ted também manifestou preocupação com a chegada do período de carnaval, “onde os índices de acidentes de trânsito e violência de forma geral aumentam consideravelmente, tendo em vista que as pessoas ingerem mais bebida alcoólica, podendo provocar um aumento ainda maior na demanda do banco de sangue”.
 
Por que doar sangue?
 
Ângela Maria Melo Falcão esta doando sangue pela segunda vez. Ela conta que sofreu na pele o drama de falta de sangue quando seu irmão sofreu um acidente de trânsito em Rio Branco no Acre, desde então passou a doar. “Isso pode acontecer com qualquer pessoa, aconteceu com meu irmão, pode acontecer comigo, com você, com qualquer um, por isso devemos ter consciência e fazermos doação, é um gesto de amor ao próximo”, declarou.
 
A instituição disponibiliza para a população dois telefones o Disque Agendamento – 0800 – 642 – 5744 e o (69) 3216 – 2234 para informações.
 
A Fundação de Hematologia e Hemoterapia do Estado de Rondônia (Fhemeron) possui unidades nas cidades de: Rolim de Moura, Vilhena, Cacoal, Ji-Paraná e Ariquemes, que ficam abertas para atendimento ao público das 07h30 às 18h00 de segunda a sexta-feira.
 
Foto: Ésio Mendes
 
 Departamento de Comunicação do Governo de Rondônia – Decom
Jornalista: Eleni Caetano
(69) 3216 – 5048 – 9988 - 5277

 


Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions