Rondônia, 21 de abril de 2024
Jornal Rondoniagora
Siga o Rondoniagora

Política

Deputado Laerte Gomes toma posse na presidência do Parlamento Amazônico

Quinta-feira, 29 Fevereiro de 2024 - 13:55 | Secom/ALE


Deputado Laerte Gomes toma posse na presidência do Parlamento Amazônico

A Assembleia Legislativa de Rondônia (ALE/RO) foi palco na manhã desta quinta-feira (29) da posse da nova gestão do Parlamento Amazônico. O deputado estadual Laerte Gomes (PSD) foi empossado na direção da entidade para biênio 2024/2025 no auditório Amizael Gomes da Silva, na Casa de Leis.

A solenidade foi aberta pelo presidente da Assembleia Legislativa de Rondônia, deputado estadual Marcelo Cruz (Solidariedade), que deu boas-vindas aos presentes. “Me sinto honrado e feliz por prestigiarem o evento na nossa casa”, frisou.

Em seguida, a deputada estadual Edna Auzier (PSD-AP) falou sobre o trabalho realizado a frente do Parlamento Amazônico. “Quando um parlamento se encontra na Amazônia são nossas casas e é uma alegria trabalharmos cada vez mais por nossa região. É com muita responsabilidade que assumimos esse mandato de cuidar do nosso país e das pessoas. Fico feliz por estar aqui representando as mulheres, onde tive muito apoio e obtemos resultado, pois através das nossas reuniões ampliadas estamos levando o desenvolvimento a nossa região. Nós precisamos promover a qualidade de vida e fazer ela chegar à população da nossa Amazônia. Deixo o mandato, mas sigo na pauta de continuar lutando pela Amazônia, declarou.

O secretário geral, deputado estadual Affonso Fernandes (PL), convocou o deputado estadual Laerte Gomes para assinar o termo de posse além de realizar a entrega do bóton do Parlamento Amazônico ao parlamentar.

Para o presidente da União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (Unale), deputado estadual Sergio Aguiar, o momento é de integração. “O Brasil precisa ser integrado por todos e falarmos uma língua brasileira rica, forte e acima de tudo de respeito com todos nós. Ao falarmos de integração, não podemos deixar de falar das particularidades de cada estado, sensibilizando e agregando a qualidade de vida a partir da geração de emprego e renda para nossa população. A Amazônia deve ser vista por toda sociedade do nosso país”, ressaltou.

O presidente da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), deputado estadual Luiz Gonzaga, parabenizou as ações desenvolvidas pelo Parlamento Amazônico. “Quero fazer um agradecimento especial a deputada Edna Auzier pelo brilhante trabalho realizado na gestão passada e desejar ao deputado Laerte e aos demais parlamentares que possam desempenhar um excelente trabalho. Temos que resolver a questão da regularização fundiária, porque sem produção não teremos como arrecadar mais e precisamos dar uma atenção muito especial a este setor”, afirmou.

Representando o Tribunal de Contas de Rondônia, o conselheiro Edilson de Sousa Silva, destacou a importância da participação na festa da democracia com os parlamentares que representam o povo da Amazônia. “É uma região esquecida, que se qualifica como pulmão do mundo, mas onde apenas se extraem riquezas. Portanto a união dos parlamentares, dos representantes do nosso povo e de todas as autoridades essa união de esforços promove uma atenção maior a nossa região. Nós vivemos uma crise aérea sobretudo no Brasil e pior ainda na região Amazônia. É inadmissível uma restrição tão grande como temos vivido. Nos colocamos à disposição para esse diálogo assim como sobre o meio ambiente, pois da Amazônia sai vida para o planeta e isso tem que ser respeitado para que os estados possam receber incentivos por tudo que a Amazônia produz para o mundo”, citou.

A deputada federal Silvia Cristina defendeu as pautas da Amazônia e desejou sucesso no trabalho a frente do Parlamento Amazônico. “Nós estamos juntos te rendendo homenagens e as pautas em defesa da Amazônia. Laerte pode contar conosco, pois você nos orgulha, conte conosco e viva o Parlamento Amazônico que foi bem representado pela deputada Edna e agora pelo deputado Laerte Gomes”, resumiu.

Segundo o deputado federal Lebrão (União Brasil), é uma satisfação participar da posse do deputado Laerte Gomes na presidência do Parlamento Amazônico. “Essa união é muito importante porque estamos vivendo um novo momento no Congresso Nacional e nas Assembleias de todos os estados. Esse cargo foi transferido para o Laerte Gomes, que assume essa grande responsabilidade, pois o olho do mundo está voltado para a região amazônica. Não somos cidadãos de segunda classe, mas temos que ter os mesmos direitos de quem vive nas grandes cidades do nosso país. Temos que fazer um trabalho em conjunto pois não podemos ficar mais a esquerda do desenvolvimento do nosso país. Temos que preservar sim o meio ambiente, mas também temos que produzir”, acrescentou.

O senador Jaime Bagattoli (PL) ressaltou a importância da união do trabalho entre os parlamentares. “Temos diversos problemas dentro dos nove estados que integram o Parlamento Amazônico como a a questão da regularização fundiária, dos embargos e esses problemas vem acontecendo desde a agricultura familiar até o grande produtor. Deputado Laerte, que você consiga unir os nove estados e os 27 senadores para contribuir com ações efetivas em favor da região amazônica”, afirmou.

O vice-governador de Rondônia, Sergio Gonçalves (União Brasil) afirmou a importância do encontro entre os parlamentares. “O deputado Laerte vem do mundo empresarial e que conhece muito vem o trabalho que a gente vem imprimindo no governo de Rondônia. A qualidade de vida da população passa por renda e por empresas fortalecidas. Temos que ser muito competentes para atrair investimentos, que desenvolver competências seja no Executivo ou no Legislativo para que a gente possa ter direção nas políticas públicas”, disse.

Em seu pronunciamento, Laerte Gomes destacou o compromisso em continuar buscando melhorias para a região amazônica. “Somos um estado que cresce 20% sinal que temos um povo trabalhador, que produz e a paz que reina neste estado. O Parlamento Amazônico criou corpo e ele tem sim muito espaço para contribuir com os graves problemas vivenciados em nossa Amazônia, pois são problemas que existem em cada um dos estados como a regularização fundiária, onde precisamos avançar; precisamos zerar o desmatamento; a BR-319 é fundamental para o desenvolvimento de Rondônia, Amazonas e Roraima. Temos as hidrovias e a malha aérea que precisam ser discutidas. Se nós somos o pulmão do mundo, nós temos que ter vantagens e benefícios para nós também”, resumiu.

O deputado estadual Sinésio Campos (PT-AM) fez questão de ressaltar o crescimento do Parlamento Amazônico desde a sua fundação. “O Parlamento Amazônico que vence mais espaço e respeito na Unale, que congrega todos os deputados estaduais do Brasil. Estou muito feliz por termos representantes dos nove estados, demonstrando nossa força e que o Parlamento Amazônico como muitos diziam que era somente uma reuniãozinha que iria se acabar. Hoje depois do trabalho maravilhoso da deputada Edna. O Laerte não é somente o representante da Assembleia de Rondônia, mas sim de todas as nove Assembleias Legislativas. Nós somos um poder que representamos com mais proximidade nossa população”, destacou.

O deputado estadual Marcelo Cruz ressaltou seu compromisso em garantir Laerte Gomes na presidência do Parlamento Amazônico. “Foi cumprida a promessa do presidente ser de Rondônia conte comigo para que possamos crescer cada vez mais. A deputada Edna fez um trabalho extraordinário e vemos uma paixão dos deputados pelo Parlamento Amazônico. Tenho certeza que você dará sequência a esse trabalho. Quando assumimos o compromisso, temos grandes responsabilidades”, disse.

O presidente do Colegiado das Comissões de Constituição, Justiça e Redação (CCJRs) e do Conselho Fiscal do Parlamento Amazônico, deputado estadual Ismael Crispin (MDB), fez um convite as parlamentares. “Aproveito o espaço aqui, agora a Unale tem um espaço reservado aos presidentes da CCJRs para convidar os membros do Parlamento Amazônico para o dia 15 de abril sobre a competência residual com a legislação. Precisamos unir as nossas forças nesse momento e aproveitar esse instante que o colegiado tem nos oportunizado em ampliar a nossa força. A Unale abre esse espaço para que façam a discussão com técnica e articulação política”, encerrou.

Ao final foi realizada a entrega de homenagem a deputada Edna Auzier por ter sido a primeira mulher a ocupar a presidência da entidade. E, em seguida, o deputado estadual Laerte Gomes recebeu homenagem dos membros do seu gabinete da Assembleia Legislativa de Rondônia. Encerrando a cerimônia foram convocados os parlamentares que passam a integrar a diretoria do Parlamento Amazônico para o biênio 2024/2025.

Presidida pelo deputado Laerte Gomes, a Mesa Diretora do Parlamento Amazônico é composta pelo presidente Laerte Gomes conta com os vice-presidentes: Jory Oeiras (PP-AP), Sinésio Campos (PT-AM), Wellington do Curso (PSC-MA) e Nilton Franco (Republicanos-TO). A secretária geral será ocupada por Edna Auzier (PSD-AP), enquanto que Afonso Fernandes (PL-AC), Armando Neto (PL-RR) e Dirceu Ten Caten (PT-PA), ocuparão os cargos de 1º, 2º e 3º Secretários, respectivamente.

Também foram definidos os ocupantes das secretarias do Parlamento Amazônico, que serão os deputados Jean Mendonça (PL-RO), nas Relações Institucionais; Thiago Abrahim (União Brasil-AM), da Juventude; Lucas Souza (PL-RR), de Direitos Humanos; João Luiz (Republicanos-AM), de Minas e Energia; Antônia Sales (MDB-AC), da Mulher; Marcelo Cruz (Solidariedade-RO), de Agricultura e Terras; Wilker Barreto (Cidadania-AM), de Assuntos Ligados a Suframa (Superintendência da Zona Franca de Manaus); Delegado Lucas (PP-RO), de Segurança Pública; e Adjuto Afonso (União Brasil-AM), de Relações Institucionais. Já o Conselho Fiscal é integrado pelo presidente, deputado Ismael Crispin (MDB-RO), e pelo Conselheiro, deputado Dr. Cláudio Cirurgião (União Brasil-RR).

Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News

Veja Também