Rondoniagora.com

Rondônia, 24 de Setembro de 2022
Banner
Siga o Rondoniagora

Política

Deputados lamentam ataques aos madeireiros de Rondônia

Quarta-feira, 27 Fevereiro de 2008 - 19:04 | RONDONIAGORA.COM


Os deputados estaduais condenaram as repressões de organismos federais contra agricultores e madeireiros rondonienses. O deputado Euclides Maciel (PSDB) disse ser favorável à preservação do meio ambiente, mas lamentou a forma violenta das operações que, indiscriminadamente, vêm tratando os pequenos agricultores e madeireiros como bandidos.

O deputado Ribamar Araújo (PT) disse que o Brasil precisa cuidar dos 50 milhões de miseráveis no país e não atacar pessoas humildes que trabalham no campo. “Temos que combater a pobreza. Isto sim, requer uma atenção de todos. Em Rondônia, o agricultor e o madeireiro estão necessitando de ajuda e não de perseguição.”
O deputado Luizinho Goebel (PV) disse que o governo federal está gastando R$ 180 milhões “nesta pseuda campanha preservacionista.” Para ele, o dinheiro poderia ser aplicado no replantio de árvores e apoio ao setor rural para uma exploração sustentável.
Neodi citou ainda as multas exorbitantes – de até R$ 50 mil - que estão sendo impostas aos produtores rurais e madeireiros. “São dívidas injustas e impagáveis”, frisou o parlamentar, ao concordar com o deputado Jair Mioto (PPS), que discursou dizendo que a Assembléia precisa agir, cobrando explicações do governo federal e o fim da arbitrariedade.

O deputado Ribamar Araújo (PT) disse que o Brasil precisa cuidar dos 50 milhões de miseráveis no país e não atacar pessoas humildes que trabalham no campo. “Temos que combater a pobreza. Isto sim, requer uma atenção de todos. Em Rondônia, o agricultor e o madeireiro estão necessitando de ajuda e não de perseguição.”
O deputado Luizinho Goebel (PV) disse que o governo federal está gastando R$ 180 milhões “nesta pseuda campanha preservacionista.” Para ele, o dinheiro poderia ser aplicado no replantio de árvores e apoio ao setor rural para uma exploração sustentável.

Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News