Rondoniagora.com

Rondônia, 28 de Setembro de 2022
Banner
Siga o Rondoniagora

Política

DNIT ANUNCIA DECRETO LEGISLATIVO DO SENADO PARA CONSTRUÇÃO DA PONTE SOBRE O RIO MAMORÉ

Sexta-feira, 12 Setembro de 2008 - 09:46 | DNIT


O Plenário do Senado Federal, em Brasília, aprovou na última terça-feira, projeto de decreto legislativo que ratifica acordo internacional assinado pelo Brasil. Trata-se do acordo entre Brasil e Bolívia para a construção de uma ponte sobre o Rio Mamoré, entre as cidades de Guajará-Mirim, em Rondônia e Guaymamerín, na Bolívia. Um importante propósito de impulsionamento e desenvolvimento da infra-estrurura física de integração Sul –Americana.

A construção da ponte sobre o Rio Mamoré constitui compromisso internacional assumido pelo Brasil com a Bolívia há mais de um século, nos termos dos acordos de Notas, de 25 de setembro de 1971, e do Protocolo Adicional ao Tratado de Petrópolis de 1903, de 27 de outubro de 1966. Por isso, ficou acordado entre os dois países que o Brasil arcará com os custos decorrentes da elaboração dos estudos, projetos e de engenharia e por fim, a construção da ponte.

O diretor lembrou ainda que esta ponte faz ligação com a rodovia interoceânica, “Saída para o Pacífico”, projeto pelo qual, ele é o idealizador.

A construção da ponte sobre o Rio Mamoré constitui compromisso internacional assumido pelo Brasil com a Bolívia há mais de um século, nos termos dos acordos de Notas, de 25 de setembro de 1971, e do Protocolo Adicional ao Tratado de Petrópolis de 1903, de 27 de outubro de 1966. Por isso, ficou acordado entre os dois países que o Brasil arcará com os custos decorrentes da elaboração dos estudos, projetos e de engenharia e por fim, a construção da ponte.

Para o estado de Rondônia e para todo o País, a construção desta ponte significa um importante progresso de ligação terrestre entre Brasil e Bolívia; questão importante não só para a população local, mas para a economia brasileira com a intensificação e flexibilidade do comércio regional. Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News