Rondoniagora.com

Rondônia, 27 de Setembro de 2022
Banner
Siga o Rondoniagora

Política

Extinção da Caerd conspiração contra o povo, diz Miguel

Quarta-feira, 03 Dezembro de 2008 - 18:16 | Assessoria


O deputado Miguel Sena (PV) repudiou com veemência a articulação do presidente da Associação Rondoniense dos Municípios, no sentido de propor a sumária extinção da maior estatal pública do Estado, no caso a Companhia de Águas e Esgotos de Rondônia. Para o parlamentar a idéia é altamente prejudicial em todos os sentidos, inclusive para os próprios municípios, uma vez que já estão assegurados recursos financeiros do Programa de Aceleração do Crescimento do Governo Federal.

Destacou o deputado que a época de crise da Caerd ficou no passado, tendo este processo iniciado no ano de 2000, e consolidado no Governo Cassol, sendo hoje a companhia uma instituição modelo, com o reconhecimento público, com alto índice de satisfação. "A gestão compartilhada é uma experiência de sucesso e isto decorre do comprometimento e engajamento dos servidores da Caerd e da posição política adotada pelo governador Ivo Cassol", complementou.

De acordo com o deputado Miguel Sena é preciso se perguntar sobre o interesse repentino de algumas pessoas, em querer impedir a prestação dos serviços da Caerd na melhor fase da companhia, com uma empresa revitalizada, funcionários engajados, com planejamento e obras em execução, e o maior volume de recursos para obras de expansão da rede de abastecimento de água e da rede de esgoto.

Destacou o deputado que a época de crise da Caerd ficou no passado, tendo este processo iniciado no ano de 2000, e consolidado no Governo Cassol, sendo hoje a companhia uma instituição modelo, com o reconhecimento público, com alto índice de satisfação. "A gestão compartilhada é uma experiência de sucesso e isto decorre do comprometimento e engajamento dos servidores da Caerd e da posição política adotada pelo governador Ivo Cassol", complementou.

Segundo ele, a interrupção dos serviços da Caerd nos municípios é um grande retrocesso, é trabalhar contra o povo, num momento em que está se assegurando em vários municípios obras gigantescas, e principalmente não reconhecer todos os esforços desencadeados para a revitalização da companhia, prova é disse que a competência dos gestores da gestão compartilhada conseguiu resgatar até recursos financeiros já considerados perdidos.

"Gozando de credibilidade junto aos usuários e fornecedores; com salários em dia dos servidores; com a recuperação de todas as suas unidades no interior; com um plano de qualidade que serve de modelo para o país, garantindo a qualidade da água"; com um rigoroso controle da aplicação dos recursos públicos; com várias obras em andamento e outras planejadas para serem executadas já no início de 2009; porque então esta onde de querer encerrar as atividades da Caerd em alguns municípios", indagou o parlamentar. Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News