Rondônia, sábado, 24 de fevereiro de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Política

Publicado em Segunda, 11 de Junho de 2012 - 14h59

Governo inaugura instalações com equipamentos modernos no HB

Decom


Dando continuidade ao trabalho de reestruturação e humanização da saúde pública de Rondônia, o governo do Estado, através da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) e em parceria com os consórcios Santo Antônio Energia e Energia Sustentável do Brasil inauguraram na manhã desta segunda-feira (11), a nova recepção, enfermaria e centro cirúrgico do Hospital de Base Ary Pinheiro em Porto Velho.Está é mais uma ação que visa garantir a melhoria do atendimento e dos serviços prestados à população na área da saúde. Ao todo foram investidos mais de R$ 6,8 milhões, verba de compensação social das Usinas Hidrelétricas de Jirau e Santo Antônio, ambas em fase de conclusão no rio Madeira. “Rondônia é o Estado que mais cresce, mas esse crescimento precisa chegar ao povo. A saúde também precisa acompanhar o crescimento. Temos Shoppings, grandes atacadistas, duas usinas, mas a maior empresa é o governo e temos que acompanhar o desenvolvimento de Rondônia”, disse o governador Confúcio Moura.

O secretário Estadual de Saúde, Gilvan Ramos, falou das melhorias que estão sendo feitas na saúde, mas reconhece as dificuldades. “Estamos dando uma resposta que a sociedade tanto anseia. Sabemos das dificuldades, mas nós não podemos pregar o caos na saúde e sim a solução”.

Em seu discurso, Confúcio Moura destacou que a saúde é uma responsabilidade de todos. “A saúde não é só de responsabilidade da Sesau, mas sim de todas as secretarias. Por isso estão aqui vários secretários, juntos estamos trabalhando, buscando novas maneiras e ideias para resgatar a dignidade da saúde de Rondônia. Convido os servidores para nos ajudar a mudar a imagem do Estado e tirar a saúde do fundo do poço”.

Recepção

Logo no cartão de visita do Hospital de Base, na recepção é possível ver a mudança, que ganhou mais conforto e acessibilidade para receber quem precisa de atendimento médico. O local ganhou climatização e quatro banheiros adaptados, além de porta automática e duas TVs LCD de 42 polegadas. Na recepção moderna foram investidos mais de R$ 150 mil.

A técnica de enfermagem, Maria Clecilda Feitosa, que trabalha há 29 anos na unidade, gostou do que viu. “Não só a população, mas os servidores também merecem um ambiente de trabalho melhor. A recepção não tinha banheiro. O Hospital de Base nunca havia passado por uma reforma tão grandiosa como esta, ficou bonito, moderno. Tenho certeza que os servidores e a população estão felizes com essa inauguração”, elogiou a servidora.

Novos leitos

Para atender a demanda de pacientes, que são da capital, do interior e até de estados vizinhos, foram inaugurados duas alas de enfermaria, uma com 70 leitos e a outra com 50, totalizando 120 leitos, onde foram investidos mais de R$ 3,3 milhões.

O novo espaço é todo climatizado, cada quarto possui uma TV LCD de 32 polegadas, camas modernas para os pacientes, poltronas reclináveis e confortáveis para cada acompanhante, além de banheiros amplos e adaptados. Cada enfermaria possui ainda um espaço de convivência. As novas instalações são tão modernas quanto algumas clínicas particulares.

Para o diretor da unidade, Jean Negreiros, os novos leitos representam “um novo João Paulo II dentro do hospital”, tendo em vista que o pronto socorro possui 160 leitos. “Estamos dando uma resposta à população que tanto sofria com o atendimento da saúde pública. A recepção, os leitos e o centro cirúrgico foram equipados com tudo o que há de mais moderno e conforto para os nossos pacientes e acompanhantes”, disse Negreiros.

Com a ampliação, o Hospital de Base passa a contar com 560 leitos no total.

Centro cirúrgico

O centro cirúrgico da unidade foi reformado e ampliado. Com investimento de quase R$ 2 milhões, o centro passa a contar com 10 salas cirúrgicas, refeitório, sala de estar para os funcionários, sala pré-anestésica e a sala cirúrgica com o aparelho de angiografia. Com isso, Rondônia passa a ser um dos primeiros estados a oferecer o serviço na rede pública. “O governo de Rondônia está dando um novo rumo à saúde em apenas 17 meses. Estamos apenas começando a colher os frutos”, disse Jean Negreiros.

Ao finalizar seu discurso, Confúcio Moura disse que é preciso investir na atenção básica. “Não basta curar o doente, temos é que evitar que ele chegue aqui. Cuidar do diabético, prevenir o câncer, cuidar das gestantes, investir em medidas simples como lavar bem as mãos, escovar os dentes, tomar banho, beber água limpa e ter rede de esgoto. Assim evitamos muitas doenças”, observou

Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions