Rondônia, terça-feira, 25 de fevereiro de 2020
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Política

Publicado em Sexta, 29 de Outubro de 2010 - 15h47

Jesualdo quer convocar indústria de cimento

Assessoria


O deputado estadual reeleito Jesualdo Pires (PSB) protocolou requerimento solicitando informações do Governo do Estado quanto à concessão de incentivos fiscais à Indústria de cimentos Votoratim Rondônia e formalizou ainda pedido de esclarecimentos por parte da Indústria que está sendo acusada pelo Sindicato da Indústria da Construção Civil - Sinduscon-RO de não cumprir acordos de fornecimento do produto para as empresas de construção Civil no Estado. A Votorantim estaria priorizando as obras da construção das hidrelétricas do rio Madeira e, com isso, desguarnecendo o mercado e inviabilizando inúmeras obras em Rondônia. Outra situação reclamada pelo setor é quanto ao preço do cimento produzido no Estado. Mesmo gozando de isenção fiscal oferecida pelo Governo, o produto seria uma dos mais caros do País.
Conforme Jesualdo, a instalação da fábrica da Votorantim em Rondônia era para ser uma solução e acabou tornando-se um grave problema para o setor.
O deputado ressaltou que além dos documentos encaminhados ao Poder Executivo Estadual e para a diretoria da Votorantim, também está mobilizando os demais deputados com a intenção de convocar a diretoria para prestar esclarecimento na Assembléia Legislativa e, caso, ficar evidenciado a prática comercial abusiva e contrária aos objetivos propostos pela lei de concessão de Isenção Fiscal, será pedido o cancelamento imediato do incentivo e a abertura de uma CPI para investigar a atuação da empresa no mercado rondoniense.
“O preço do cimento praticado por essa empresa aqui é bem superior ao que ela própria pratica em Cuiabá, onde também tem fábrica. Não se justifica essa prática e, por isso, vamos mobilizar os demais deputados para averiguar esta situação e se for necessário iremos pedir o cancelamento dos incentivos, pois, neste caso a indústria não estaria atendendo os objetivos propostos inicialmente”.
Jesualdo Pires informou que empresas do setor têm questionado também as propriedades de fabricação e composição do cimento produzido em Porto Velho, onde a qualidade seria mais baixa do que a produzida em outros Estados. “O cimento daqui estaria sendo produzido em CP IV, que é para consumo das Usinas do Madeira, quando deveria estar sendo produzido em CP II específico para obras de construção civil.
“Por conta disso, as empresas instaladas em Porto Velho e em outras cidades estão comprando cimento em Brasília e o mesmo chega aqui mais barato do que o fabricado aqui e com mais qualidade, mesmo com a distância de 2.600 quilômetros. E mais: o cimento Nassau que é produzido no Amazonas é vendido em Rondônia pelo mesmo preço do fabricado aqui. Há indícios fortes de que algo errado está acontecendo”, concluiu.

(Disponível em https://www.rondoniagora.com/politica/jesualdo-quer-convocar-industria-de-cimento)
Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions