Rondônia, 07 de Dezembro de 2022
Jornal Rondoniagora
Siga o Rondoniagora

Política

MP LAVOU AS MÃOS E VEREADORES JURISTAS DECIDEM QUE HERMÍNIO COELHO NÃO DEVE PERDER O MANDATO

Quarta-feira, 02 Abril de 2008 - 16:51 | RONDONIAGORA.COM


Sem qualquer intervenção por parte do Ministério Público, que não questionou a suspensão temporária dos direitos políticos do presidente da Câmara Municipal de Porto Velho, José Hermínio Coelho (PT), condenado por desordem, desobediência e desacato nas eleições de 2.004, os vereadores decidiram, bem ao estilo da Assembléia Legislativa - que tentou tirar da cadeia o ex-presidente Carlão de Oliveira – inocentar o colega e mesmo sem legislar, uma vez que sempre concordam com as ordens do prefeito Roberto Sobrinho (PT) acabaram transformando-se em verdadeiros juristas na manhã desta quarta feira. Coube a Kruger Darwich dar o tom poético e patético a um relatório marcado por elogios e segundo ele mesmo, reflexões, do tipo: “o vereador Hermínio quebrou o decoro parlamentar?”, como se uma condenação criminal não bastasse e pior, se a Constituição Federal não determinasse o fim do mandato de seu colega. Mas não foi só. Kruger acabou relatando que essa suspensão temporária não significa nada, uma vez que ao pagar cestas básicas, Hermínio “reconstituiu seus direitos de cidadão”. CONFIRA A ÍNTEGRA DO RELATÓRIO, JÁ APROVADO PELOS VEREADORES DE PORTO VELHO



Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News

Veja Também