Rondônia, 07 de Dezembro de 2022
Jornal Rondoniagora
Siga o Rondoniagora

Política

NEODI DESISTE DE RENUNCIAR, MAS FOCOS DE TENSÃO AUMENTAM NA ASSEMBLÉIA; “ISSO NÃO É ATITUDE DE HOMEM”, DIZ JESUALDO

Quarta-feira, 30 Abril de 2008 - 09:10 | RONDONIAGORA.COM


Ao retornar nesta quarta feira a Porto Velho, o deputado estadual Neodi Carlos de Oliveira (PSDC-Machadinho) vai ser ouvido por apenas um parlamentar: seu aliado, Valdivino Tucura (PRP – Cacoal). Os outros 22 não querem conversa nem com Neodi ou com o governador Ivo Cassol, que conseguiu fazer com o presidente mudasse os planos de renunciar ao cargo. Os focos de tensão aumentaram ainda mais no Legislativo rondoniense após ligações telefônicas na noite da terça feira, quando Neodi afirmou que havia pensado melhor e que não iria mais sair. Antes, durante a manhã e tarde, ele confirmara, via telefone que estava fora da presidência. “Você nos fez de palhaço e agora vai encontrar a resistência de 12 deputados. Você vai ver, isso não é atitude de homem”, disse a Neodi um parlamentar até então conhecido pela educação: Jesualdo Pires(PSB-Ji-Paraná). Outros que gritaram com o presidente foram Tziu Jidalias (PMDB-Ariquemes) e Alex Testoni (PTN - Ouro Preto do Oeste), que também haviam conversado com Neodi durante todo o dia.
Para tenta contornar os novos impasses, o governador Cassol disse a Neodi que iria acalmar os parlamentares, mas a tarefa não será fácil. Nesta terça feira a Mesa Diretora aprovou redução considerável nos poderes do presidente, como por exemplo a gestão financeira, que passa a ser decidida pela própria Mesa. Contratos serão revistados, principalmente os relativos a aluguel de aeronaves e de publicidade.
Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News

Veja Também