Rondônia, 01 de Dezembro de 2022
Jornal Rondoniagora
Siga o Rondoniagora

Política

Investigações na Caerd apontam crimes contra o sistema financeiro e altos salários irregulares

Quarta-feira, 23 Março de 2016 - 14:45 | Da Redacao


A Polícia Civil abriu pelo menos três frentes de investigação na Companhia de Águas de Esgotos de Rondônia (Caerd). A primeira fase foi concluída com a Operação Kairós com a apreensão de processos e o afastamento de 7 servidores de carreira. O RONDONIAGORA apurou que a Delegacia de Repressão às Ações Criminosas (Draco) está no encalço de uma quadrilha especializada em movimentar empréstimos em instituições financeiras, aplicando golpes em nome de servidores e terceiros.

Clique aqui e relembre denúncia sobre salários de marajás na Caerd

O inquérito está em sigilo, mas já se sabe que há envolvimento novamente de servidores de carreira da empresa. Uma terceira investigação também em curso apura os altos salários concedidos a alguns diretores e funcionários através da chamada “gestão compartilhada”. Uma auditoria detectou um “rombo” de cerca de R$ 100 milhões nos cofres públicos com gratificações e promoções indevidas.  O ponto mais grave apontado pelos técnicos são as progressões irregulares. Há servidores ganhando vultosos salários graças a falha nunca corrigida por ex-dirigentes da companhia.

Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News

Veja Também