Rondônia, terça-feira, 20 de fevereiro de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Política

Publicado em Quarta, 15 de Julho de 2015 - 18h37

PF QUERIA SABER LIGAÇÃO DO PT DO B COM A FUNCULTURAL E INSTITUIÇÃO QUE REALIZOU SHOW DA VIRADA

RONDONIAGORA


Em coletiva de imprensa na Secretaria Municipal de Planejamento (Sempla), a cúpula da Prefeitura de Porto Velho revelou na tarde desta quarta-feira, o que delegados da Polícia Federal questionaram após condução coercitiva nas primeiras horas da manhã, durante a Operação Murídeos.Marcos Nobre Júnior, presidente da Fundação Cultural do Município, falou dos esclarecimentos prestados sobre o convênio com a Associação Beneficente Resgatando Vidas, para a realização do último Show de Natal e Show da Virada, na capital. Somente o Show da Banda Calypso, no réveillon, custou para os cofres públicos R$ 489 mil. “Os eventos aconteceram de forma legal, através de convênio, modalidade de realização de evento resguardada pelo Plano Nacional de Cultura”, disse.

Mesmo com a ampla divulgação antecipada ao período em que o convênio foi firmado para o Show da Virada, Nobre afirmou que o projeto foi apresentado e executado pela associação. O tempo de aprovação e fechamento do convênio e organização do evento por parte da associação foi de 13 dias.

Ainda segundo Nobre, a PF questionou se existia alguma ligação da Funcultural com o Partido Trabalhista do Brasil (PT do B) e se houve indicação do partido quanto à Associação Beneficente Resgatando Vidas. “Nós trabalhamos de forma técnica e não política, e só fizemos o que temos a obrigação, de promover cultura e lazer para a população. A associação apresentou o projeto e nós compramos”, finalizou.

Sobre as obras do Governo, Mauro Nazif alegou ter se surpreendido com a hipótese de que a liberação de alvarás estivesse acontecendo em virtude de acordos. "A PF comentou a indicação do vice-governador relacionando ao alvará do hospital. Não houve qualquer vínculo. A indicação para vice-governador foi do Partido (PSB) e não minha. Em nenhum momento a gestão discute a palavra negociação e para nossa surpresa o HEURO não tem alvará", detalhou, completando que a escola também está com as obras paralisadas em virtude da falta da documentação. Questionado pela imprensa sobre se não existia fiscalização das obras citadas, o prefeito explicou que tanto existe que muitas estão paralisadas, por falta de documentação.

Já o secretário da Sempla, Elarrat, observou que o Código de Obras do Município é de 40 anos, sem qualquer atualização e que somente nesta gestão após muitas reuniões com os setores envolvidos é que se fez as alterações necessárias. " Existia por exemplo um dispositivo que autorizava que não houvessem fiscalizações até a fundação. O novo código não trata mais isso", disse ele.

Nazif destacou ainda que o motivo da PF ter desencadeado a operação e ter relacionado o Município se deve ao fato de que o momento em que o país vive é de uma virada de motivações a nível nacional onde tudo aquilo que está obscuro precisa ser esclarecido. "Se eles atentaram que existe qualquer irregularidade, devem demonstrar, comprovar. Isto vai até ajudar a nossa gestão, pois é uma palavra que a gente não trabalha, é propinagem. Quero reafirmar que em nenhum momento houve a palavra propinagem. E que estamos prestando todas as informações necessárias, colaborando com o trabalho da PF", frisou.

Questionado sobre mudanças na pasta da Funcultural, o prefeito Mauro Nazif afirmou que não fará nenhuma modificação sem que sejam apresentadas provas contra a administração. “Tem algo de errado? Não. Então se não provarem que há irregularidades, eu entendo que o trabalho está sendo realizado como deve ser”.

Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions