Rondônia, sábado, 22 de setembro de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Política

Publicado em Quarta, 09 de Setembro de 2009 - 10h07

Projeto normatiza o comércio de artigos de conveniência em farmácias

A. de Almeida


Projeto de lei normatizando o comércio de artigos de conveniência e prestação de serviços de utilidade pública em farmácias e drogarias no âmbito do Estado de Rondônia, foi apresentado na Assembléia Legislativa, através do deputado Doutor Alexandre Brito (PTC). No entendimento do parlamentar, a medida visa acompanhar as tendências do mercado para sobreviver e atender com qualidade e economia os consumidores cada vez mais exigentes.

Para atender esta tendência do mercado, segundo o deputado Doutor Alexandre Brito, é indispensável que a legislação acompanhe as mudanças do setor. “É preciso ter em conta que as farmácias e drogarias se constituem no principal canal de distribuição de medicamentos para a população brasileira, movimentando expressivos recursos”, observou.

De acordo com o projeto, consideram-se artigos de conveniência os seguintes produtos: leite em pó e farináceos; cartões telefônicos e recarga de celular; meias elásticas; pilhas, carregadores fotográficos, cartão de memória para máquina digital; mel e derivados, desde que industrializados e registrados; bebidas não alcoólicas como refrigerantes e sucos; sorvetes, doces e picolés em suas embalagens originais; produtos dietéticos e ligtht; repelentes elétricos; cereais como – barras, farinha láctea, flocos e fibras em qualquer apresentação; biscoitos, bolachas e pães, todos em embalagens originais; produtos e acessórios ortopédicos; artigos para higienização de ambientes; suplementos alimentares destinados a desportistas e atletas; eletrônicos condicionados e cosméticos; brinquedos educativos; e serviços de fotocopiadora.

O projeto permite ainda a instalação de caixa de auto-atendimento bancário e a prestação dos serviços de utilidade pública como recebimento de contas de água, luz e telefone, nas farmácias e drogarias.

Ao justificar a apresentação do projeto, afirmou o deputado Doutor Alexandre Brito que a diversificação dos produtos vendidos nas farmácias e drogarias beneficia principalmente os comerciantes de pequeno porte, devido ao seguinte fator: “os medicamentos são alvo de competitividade, oferecem baixa lucratividade e desta forma esta ampliação complementaria o faturamento, vendendo outros produtos, como conveniência”.

Complementou o deputado que a qualidade dos medicamentos não será afetada, uma vez que a vigilância sanitária se encarregará da fiscalização permanente. O projeto atende sugestão da Federação do Comércio do Estado de Rondônia.


Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions