Rondônia, segunda-feira, 20 de agosto de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Política

Publicado em Sábado, 27 de Março de 2010 - 19h33

Raupp leva técnicos para debaterem hidrelétrica

RONDONIAGORA


A mesma euforia experimentada pela população de Porto Velho quando das discussões e debates que antecederam o início das obras das usinas do rio Madeira começa a ser sentida pelos moradores de Machadinho do Oeste. Na manhã desta sexta-feira (26), a população local lotou o auditório do Centro Cultural Marinha Andrade Rocha, durante audiência pública promovida pelo presidente da Câmara Municipal, Amauri do Valle, para ouvir as explicações sobre o empreendimento.
A convite do senador Valdir Raupp, participaram do evento diversos técnicos de órgãos federais envolvidos na construção da hidrelétrica. Da Eletronorte, estiveram presentes o superintendente Luiz Fernando Rufatto; o coordenador de meio-ambiente, Fernando Inácio Bastos; o engenheiro civil, Gilberto Elias e o geólogo, Bruno Payolla. Furnas enviou o diretor de Planejamento e Geração, Guilherme Rocha Macedo; o diretor de Construção, Márcio Porto e o gerente Afonso Andrade. A construtora Queiroz Galvão, que lidera o consórcio que está fazendo os estudos, esteve representada por seu diretor Érico Freitas. A chefe do Instituto Chico Mendes em Rondônia, Caroline Carneiro, fez uma palestra especial, vez que o único obstáculo à construção da usina, está afeto ao Instituto.
Também estiveram presentes o diretor de Planejamento e Engenharia da Eletrobrás, Márcio Dumond e o superintendente de Meio Ambiente, Ricardo Cavalcanti.
O projeto da usina Hidrelétrica de Tabajara se arrasta há mais de uma década. No mês de junho de 2006, quase foi inviabilizado de vez, com a criação do Parque Nacional Campos Amazônicos. Isso porque, embora quando o estudo de viabilidade foi realizado ainda não existia a reserva, depois de criada, a área ambiental ficou sobreposta numa área de cerca de 8 quilômetros dentro da área do reservatório.
O senador Valdir Raupp fez um trabalho político junto à Casa Civil da Presidência da República e junto ao presidente do Instituto Chico Mendes, Rômulo Mello, e, como compensação, conseguiu o compromisso de ampliação do Parque Nacional em mais de 100 mil hectares em terras do estado do Amazonas – além de Rondônia, o Parque reúne do Amazonas e do Mato Grosso.

PAC II

De acordo com o senador Valdir Raupp, a usina será incluída na segunda versão do Programa de Aceleração do Crescimento, que deverá ser anunciado pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva na próxima segunda-feira (29). A hidrelétrica, que será construída na cachoeira São Vicente e não na 2 de Novembro, como previam os primeiros estudos, terá capacidade de geração de 350 MW, “o dobro da energia gerada pela usina de Samuel”, comparou Raupp.
A deputada federal Marinha Raupp destacou a somatória de esforços entre todos os órgãos governamentais para acelerar o projeto e destacou os benefícios que a cidade terá com as compensações sócio-ambientais. “O município terá muito recurso para investir em saneamento básicio, em saúde, em educação e em obras de urbanização”, disse Marinha ao prefeito Mário Alves.

Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions