Rondônia, terça-feira, 20 de agosto de 2019
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Cidades

Publicado em Terça, 12 de Abril de 2016 - 01h43

Poucos produtores rurais se inscreveram no Cadastro Ambiental Rural

Da Redacao


A 25 dias do prazo final, que é em 5 de maio, muitos produtores rurais de Ji-Paraná ainda não providenciaram o seu Cadastro Ambiental Rural, também conhecido como CAR. A constatação foi feita ao Rondoniagora nesta segunda-feira (11) por Valquíria Codeço, engenheira agrônoma e extensionista da Emater na cidade. “Estamos preocupados. Ainda falta bastante gente para fazer o CAR e daqui pouco não haverá mais tempo”, declarou. Todos os produtores rurais, sejam pequenos ou grandes, estão obrigados a cumprir esta exigência da lei federal nº 12.651. O prazo já foi prorrogado uma vez e, até o momento, não há nenhum sinal concreto que isto ocorrerá novamente, apesar da ministra da Agricultura, Kátia Abreu, ter manifestado publicamente sua defesa ao adiamento do tempo de inscrição pela segunda vez.

As penalidades previstas para quem não aderir ao CAR são severas. Os proprietários rurais que não o fizerem perderão o benefício de conversão de multas aplicadas anteriormente e correm o risco de serem processados por crime ambiental, além da multa de R$ 5 mil por hectare. Os bancos também não concederão crédito agrícola e vários frigoríficos já não aceitam mais comprar gado de quem não efetivou sua inscrição neste cadastro obrigatório.

Valquíria informa que os produtores donos terras com até 240 hectares podem realizar gratuitamente a inscrição, que é feita por técnicos da Emater. Para tanto, basta  comparecer a uma das unidades da empresa com escritura ou título da propriedade, o memorial descritivo do lote da área e o mapa da área com as respectivas coordenadas. O serviço pode ser feito todos os dias, mas para facilitar e incentivar a tarefa a Emater de Rondônia instituiu a 6ª Feira do CAR. “Neste dia, todas as semanas, vários funcionários estão de plantão somente para atender esta demanda. Se o produtor trouxer os documentos certos, o cadastro demora em média meia hora. Não precisa marcar hora. Basta comparecer em nossos escritórios, no horário de expediente, que é das 7h30 às 13h30”, complementa a engenheira. O Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Ji-Paraná também está auxiliando o produtor a realizar o cadastro.

Consciente de sua obrigação Genivaldo Pereira Tavares estava na unidade da Emater localizada na avenida Ji-Paraná, 255, no Primeiro Distrito, com todos os papéis necessários. Há 30 anos ele é proprietário de um sítio com 48 hectares, na Linha 128, onde cria algumas cabeças de gado e mantém plantações de vários tipos de frutas. Ele foi atendido pelo extensionista José Carlos Veiga que providenciou, em cerca de 40 minutos, a sua inscrição no CAR. “A gente escanea os documentos para não reter o produtor aqui muito tempo. Aí montamos o processo e enviamos para o Sicar Nacional. Em 24 horas o sistema expede um recibo que é entregue para o produtor como prova do cadastro. Mas na hora ele já leva o protocolo”, arrematou.


(Disponível em https://www.rondoniagora.com/cidades/poucos-produtores-rurais-se-inscreveram-no-cadastro-ambiental-rural)
Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions