Rondônia, 16 de abril de 2024
Jornal Rondoniagora
Siga o Rondoniagora

Cidades

Rio Acre chega a 17,63 metros e caos no estado aumenta; força-tarefa federal chega na segunda

Domingo, 03 Março de 2024 - 08:51 | do AC24horas e Agência Brasil


Rio Acre chega a 17,63 metros e caos no estado aumenta; força-tarefa federal chega na segunda

O rio Acre voltou a subir em Rio Branco durante a madrugada após passar o sábado (2) numa variação de 2 cm, e mediu 17,63 metros na verificação feita pela Defesa Civil às 6h deste domingo (3). A expectativa é de uma estabilização no nível do rio a partir de hoje.

“A previsão é de termos uma estabilidade amanhã, domingo, o que não significa que ele possa voltar a ter um aumento depois. Da maneira que o rio se comporta, não temos uma expectativa de ele atingir os 18,40m, que é a marca histórica de 2015”, disse o tenente-coronel Cláudio Falcão, coordenador da Defesa Civil de Rio Branco, numa entrevista ontem ao Jornal do Acre 1, da Rede Amazônica.

O estado contabiliza 17 municípios em situação de emergência e pelo menos 11 mil desabrigados. Conforme foi divulgado pelo SGB, o pesquisador em geociências Marcus Suassuna alertou para os riscos dessa elevação do nível do rio para a população. "Este processo de subida pode durar mais alguns dias e levar a cheia em Rio Branco a ficar próxima das maiores da história", afirmou.

Força-tarefa

O governo do Acre informou que os ministros da Integração e Desenvolvimento Regional, Waldez Góes, e do Meio Ambiente e Mudança do Clima, Marina Silva, devem chegar a Rio Branco na próxima segunda (4).  Eles vão visitar as áreas atingidas pelas cheias. “Conforme determinação do Presidente Lula, na próxima segunda-feira irei ao Acre, numa força-tarefa do governo federal para assistência à população atingida pelas enchentes”, afirmou Góes em postagem no X, antigo Twitter. “As intensas chuvas no Acre têm provocado consequências devastadoras”, disse Marina, também no X, nesta semana.

Enquanto a situação se agravou em Rio Branco, no município de Xapuri (AC), a 190 quilômetros da capital, o rio recuou e atingiu a marca de 16,78 metros. A cidade registrou a segunda maior marca da história na sexta-feira (1º), com 17,09 metros. Da mesma forma, em Brasiléia, a 230 quilômetros de Rio Branco, o Rio Acre está em 11,20 metros e com tendência de redução, diferentemente do que ocorreu no dia 28, quando chegou à marca de 15,62 metros.

 

Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News

Veja Também