Rondônia, terça-feira, 28 de junho de 2022
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Eleições

Publicado em Quarta, 01 de Junho de 2022 - 16h41

Candidato que divulgar fake news nas redes deve ter registro cassado, afirma Alexandre de Moraes

da Jovem Pan


Candidato que divulgar fake news nas redes deve ter registro cassado, afirma Alexandre de Moraes

O vice-presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Alexandre de Moraes, citou decisões da corte que balizarão a postura da Justiça Eleitoral no julgamento de casos de fake news, como o entendimento de que todas as redes sociais são meios de comunicação e que um mau pode vir a ser considerado abuso de meio de comunicação, abuso de poder político e abuso de poder econômico. Segundo o ministro, o candidato que divulgar nas redes sociais fake news capazes de influenciar o eleitor terá o registro caçado para as eleições de 2022. A fala de Moraes foi feita durante evento do Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento. Diplomatas de 78 países ouviam apresentações sobre eleições no Brasil e o sistema eletrônico de votação.

Quem também falou no evento foi o presidente do TSE, ministro Edson Fachin. Ele afirmou que a comunidade internacional precisa ficar alerta a acusações contra o sistema eleitoral brasileiro. “O enredo parece sempre o mesmo: buscar a conturbação, incutir a desconfiança entre os espíritos desavisados para minar a legitimidade dos eleitos e da própria vida democrática. Atacar o sistema eleitoral dessa maneira é atacar a própria democracia. Mas, aqui no Brasil, estamos confiantes, porque a maturidade e a estabilidade das instituições brasileiras não permitirá que esses barulhos perturbem a vida democrática”, disse.

Em discurso durante agenda em Jataí, em Goiás, o presidente Jair Bolsonaro (PL) também falou sobre eleições na última terça-feira, 31. “Mais do que isso, nós faremos pela nossa liberdade. Dizer a todos vocês que eleições limpas, democráticas e auditáveis são a garantia da nossa democracia”, comentou. Ele também voltou a fazer críticas aos ministros do TSE, mas sem citar nomes: “Poucas pessoas mandam muito no Brasil, mas nenhuma delas mandam em tudo em nosso Brasil”.

Em evento na noite desta terça, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) reprovou as falas de Bolsonaro questionando o sistema eleitoral brasileiro e ainda se afirmou confiante de que vai vencer as eleições. “Não adianta o Bolsonaro dizer ‘vou dar um golpe, só Deus me tira daqui, eu não vou dar a faixa’. Primeiro, se ele disse que só o Deus tira ele de lá [da Presidência da República] e como eu acredito que o povo é a voz de Deus, o voz do povo vai tirar ele de lá”, disse Lula.

O ex-presidente, que já está em pré-campanha, cumprindo a agenda pelo país, também comentou sobre os encontros que tem tido com empresários: “As pessoas querem fazer reunião, banqueiro quer fazer reunião. Eu vou fazer muita reunião com banqueiros, com empresários. Mas eles nunca perguntaram para mim como é que está o povo na rua, como é que está a fome, como é que está o desemprego, como é que estão as pessoas que estão abandonadas. Nunca perguntaram. Só perguntam assim: ‘E o teto fiscal? E o teto de gasto fiscal, você vai manter ou não vai manter? E a responsabilidade fiscal? Você vai manter ou não vai manter? E a dívida pública, você vai diminuir?’. Porque eles só pensam no dinheiro, que é para reverter para eles, eles não pensam nos recursos do povo”.


Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions