Rondônia, sexta-feira, 23 de outubro de 2020
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Eleições

Publicado em Quarta, 14 de Outubro de 2020 - 10h47

Em programas de televisão, Hildon Chaves explica trabalho desenvolvido em Porto Velho

da Assessoria


Em programas de televisão, Hildon Chaves explica trabalho desenvolvido em Porto Velho

Em entrevista ao programa SBT Rondônia, com apresentação de Beni Domingues Jr, e ao programa Rondônia Urgente, na TV Meridional Band com a apresentação de Adilson Honorato, o prefeito Hildon Chaves (PSDB), que concorre à reeleição, fez um breve balanço das suas ações. O candidato também explicou que pode terminar o primeiro mandato entregando até 250 quilômetros de asfalto.

Ele disse que diversas obras estão sendo executadas na capital. “A maior demanda de Porto Velho é o asfaltamento. Quando assumimos, o município precisava de 550 quilômetros de asfalto e vamos entregar algo em torno de 220, 250 quilômetros, ou seja, quase 50% do total. Fizemos mais asfalto em uma gestão do que as cinco gestões anteriores”, esclareceu.

Hildon Chaves relatou ser muito questionado nas redes sociais em relação ao asfaltamento. “As pessoas perguntam, prefeito, quando o asfalto vai chegar na minha rua? A resposta é simples: a cada bairro que asfaltamos, a cada rua, estamos chegando mais perto da sua casa. A demanda era grande e precisava de tempo para ser atendida, mas precisava começar de algum ponto. É evidente que não poderíamos atender os 550 quilômetros de asfalto em um único mandato”, elucidou.

Hildon Chaves lembrou que não se comprometeu em asfaltar nenhuma rua quando concorreu à prefeitura pela primeira vez. “Eu não fiz compromisso de asfaltar a rua A ou B, pois eu não sabia o que tinha para ser feito, não sabia as dificuldades que encontraria, mas hoje estamos com máquina organizada, temos crédito. Em time que está ganhando não se mexe”, declarou.

Na oportunidade, Hildon Chaves esclareceu as razões pelas quais decidiu lançar seu nome à reeleição. “Decidi ser candidato por dois motivos básicos. Primeiro, porque não podia me acovardar em razão das dificuldades que surgirão a partir de 2021, no período de pós-pandemia, e segundo pelo volume de realizações e obras que transcenderão esse mandato”, disse.

Ainda falando em relação as melhorias de infraestrutura do município, Hildon Chaves destacou a iluminação pública e a conclusão das obras dos viadutos. “Temos hoje uma cidade iluminada. Saímos de 24 mil pontos de iluminação para mais 100 mil pontos. Os nossos distritos também estão iluminados. A cidade está mais limpa e organizada, os viadutos foram concluídos pelo Dnit, mas através da minha gestão política”, lembrou.

Segundo Hildon Chaves, Porto Velho avançou em todas as áreas. Na educação, a nota do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) estava estagnada há 10 anos com a nota 4,7. “Já no primeiro ano de mandato, saímos de 4,7 para 5,1 e neste ano chegamos em 5,3. Criamos mais de três mil vagas nas escolas, construímos duas escolas novas no Orgulho do Madeira, implantamos o piso nacional dos nossos professores”, disse.

Ele afirmou que o transporte escolar rural foi o principal gargalo da educação. “Fui para cima e quebrei a máfia do transporte escolar. Compramos 136 ônibus zero quilômetros a um custo de quase R$ 38 milhões. O calendário escolar da área rural estava programado para o mês de abril e no mês de março fomos surpreendidos com uma pandemia e todas as atividades foram suspensas”, esclareceu.

Na saúde, Hildon Chaves relatou que diante da pandemia do coronavírus, Porto Velho implantou um sistema que conseguiu atender cerca de mil pessoas a cada 24 horas. “Passamos muito longe da tragédia que outros estados da Região Norte enfrentaram. Tivemos perdas irreparáveis, mas através do call center conseguimos conduzir melhor a situação e salvar muitas vidas”, explicou.

Hildon Chaves esclareceu que o serviço de tele consulta começou a funcionar em março, logo após surgirem os primeiros casos de coronavírus na capital. Desde então o atendimento é feito 24 horas por dia através do telefone 0800 647 5225. “Esse call center será remodelado e ficará de forma permanente auxiliando no atendimento da nossa população”, pontuou.

O candidato a reeleição apontou também que existem verbas parlamentares separadas para garantir a reforma e revitalização todas as unidades de saúde de Porto Velho. “A saúde pública no Brasil é muito difícil, contudo temos muitas virtudes através do SUS. Quem nunca foi na farmácia e não encontrou o medicamento desejado? As vezes isso acontece na nossa rede também. Você vai em um médico particular marcado para as 14 horas e sai de lá as 17 horas, isso é comum também”, esclareceu.

Ele reconheceu que Porto Velho precisa avançar ainda mais na saúde, e destacou o diferencial do seu candidato a vice-prefeito, o médico e vereador Maurício Carvalho (PSDB). “Ele vai ter uma participação muito importante nessa próxima gestão através do seu conhecimento específico na área de saúde. A demanda por saúde é sempre crescente, mas acredito que juntos vamos conseguir evoluir e garantir o atendimento que a nossa população tanto anseia e merece”, disse.

Por fim, Hildon Chaves ressaltou que conta com a confiança dos munícipes de Porto Velho para continuar trabalhando. “Já fizemos muito e podemos fazer muito mais. Nossa cidade é hoje um verdadeiro canteiro de obras e a grande maioria parte delas vai ultrapassar esse mandato, por isso coloquei meu nome à disposição mais uma vez”, finalizou.


Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions