Rondônia, 07 de Dezembro de 2022
Jornal Rondoniagora
Siga o Rondoniagora

Eleições

TJ nega liminar a ex-deputado por vaga na Assembléia Legislativa

Quarta-feira, 06 Outubro de 2010 - 10:50 | RONDONIAGORA


O presidente do Tribunal de Justiça de Rondônia, desembargador Cássio Rodolfo Sbarzi Guedes, negou liminar em mandado de segurança impetrado pelo ex-deputado estadual Daniel Pereira, que pediu à Justiça a determinação de sua posse na vaga de parlamentar que pertence ao Partido Socialista Brasileiro (PSB). O caso ainda será julgado no mérito após ser distribuído no TJRO.



Ao relatar o caso, o desembargador presidente ressaltou que a liminar no mandado de segurança constitui um direito do impetrante, quando ocorrentes os dois indispensáveis pressupostos para sua concessão: "o fumus boni iuris e o periculum in mora", que têm a finalidade de eliminação do risco de dano sério e de difícil reparação.

Neste caso, entretanto, ele verificou que, à época da solicitação de informação pela Assembleia Legislativa do Estado ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE/RO), Daniel Pereira não estava filiado ao PSB, tendo providenciado sua filiação posteriormente.

Para o magistrado, os requisitos para concessão da liminar não se encontram evidenciados, já que Pereira não conseguiu demonstrar concomitantemente a presença dos seus dois requisitos, ou seja, a urgência e a relevância do pedido.

O mandado de segurança agora será distribuído a outro desembargador, que será o relator do processo judicial. A decisão final será conhecida após o julgamento dos desembargadores que formam o Tribunal Pleno da Justiça de Rondônia.

Vaga de Wilber Coimbra

Nas eleições para deputado estadual de 2006, o PSB obteve direito a duas vagas no Parlamento Estadual, que foram preenchidas por Jesualdo Pires e Wilber Coimbra, constando como suplentes os candidatos David Erse (1ª suplência), Alex Mendonça (2ª suplência), Daniel Pereira (3ª suplência) e Francisco Izidro dos Santos (4ª suplência).

O deputado Wilber Coimbra foi escolhido pela Assembleia Legislativa para ocupar o cargo de Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado de Rondônia, e tomou posse no dia 1º de julho de 2010, renunciando ao mandato de deputado estadual. No entanto, o 1º suplente desfiliou-se do PSB e o 2º renunciou à suplência por já estar exercendo o cargo de Vereador em Ariquemes.

No TRE/RO, Pereira não constava como filiado ao PSB/RO, permanecendo o 4º suplente, Francisco Izidro dos Santos, cuja posse ocorreu em 20 de setembro último. Daniel Pereira então alegou à Justiça ter o direito líquido e certo à posse para o cargo de deputado estadual, uma vez que, no dia 13 de setembro de 2010, ele protocolou pedido de filiação partidária ao Diretório Municipal do PSB/RO, que foi aceito, mas não reconhecido pelo TRE/RO. Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News

Veja Também

Daniel Pereira articula retorno ao PSB para assumir mandato na Assembléia; Veja íntegra da decisão que afastou David Erse

O ex-deputado estadual Daniel Pereira está articulando seu retorno ao PSB para assumir o restante do mandato que pertencia a Wilber Coimbra, mas qu...

CHEFE DE GABINETE DA ASSEMBLÉIA INFORMA TJ QUE VAI EMPOSSAR ENVOLVIDO NA OPERAÇÃO DOMINÓ

Apesar da Mesa Diretora da Assembléia Legislativa de Rondônia marcar reunião com seus membros para tratar do imbróglio da posse do suplente do PSB ...

Terceiro suplente do PSB pede liminar para reverter posse na Assembléia

O ex-deputado Daniel Pereira, terceiro suplente do PSB, anunciou ação no Tribunal de Justiça para anular a posse do deputado estadual Francisco Izi...

Mandado de Segurança de Daniel Pereira é negado pelo TSE

O ministro Marcelo Ribeiro, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) negou seguimento ao Mandado de Segurança impetrado pelo ex-deputado Daniel Pereira...