Rondônia, sábado, 18 de novembro de 2017
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Geral

Publicado em Quinta, 20 de Março de 2008 - 10h19

Cassol vai aos veículos de comunicação falar da greve dos auditores fiscais

Decom


O governador Ivo Cassol concederá entrevistas ao vivo em alguns veículos de comunicação do estado nesta quinta-feira para falar da greve dos auditores fiscais que foi deflagrada nesta quarta em todo estado.Os auditores querem aumento salarial da categoria e, mesmo sabendo que o governo não negocia com grevistas, decidiram pela greve. “Se o Governo conceder o aumento pedido pelos auditores terá um impacto de R$ 1.500.000,00 reais por mês na folha de pagamento, fora os encargos sociais, o que causaria um desequilíbrio nas contas públicas e comprometeria o pagamento de todos os demais servidores da administração”, disse o governador.
Além deste impacto, Cassol citou o fato dos 5.000 servidores do ex-território que irão se aposentar em 2008 e terão que ser repostos pela administração, além de receberem a aposentadoria do Iperon. Outros 5.000 irão se aposentar nos próximos 3 anos e também deverão ser repostos, fora os novos concursados que serão contratados por concurso.
“Temos que ter responsabilidade e pensar no futuro dos servidores, não adianta dar aumento hoje e ficar sem receber o salário ou a aposentadoria amanhã”, disse o governador. “Eu fui contra o aumento do meu próprio salário pois o efeito cascata iria levar as finanças do estado a uma situação insustentável, como acontece hoje no Rio Grande do Sul, Alagoas e outros estados. Não sou contra ninguém querer ganhar melhor, mas não podemos penalizar todos os funcionários em benefício de alguns, temos que ter responsabilidade com o dinheiro público”, concluiu.
Outro fator apontado é o teto do funcionalismo público: de acordo com a legislação o teto salarial do funcionalismo deve ser o do governador do estado e, caso fosse atendido o que os auditores pedem alguns chegariam a um salário de R$ 20.000,00 reais mensais, o que seria inconstitucional. Por isso a Procuradoria Geral do Estado entrou com mandado de segurança alegando ilegalidade da greve, que teve uma pequena adesão entre os próprios auditores.
O governador estará no programa “A Bronca é Sua, a Ajuda é Nossa“ na Rádio Caiari, às 9:00 horas, na Rádio Parecis às 10:00 hrs., na TV Candelária às 10:30 hrs., na TV Rondônia às 11:00 ao vivo, no Jornal de Rondônia e finaliza o giro ao meio dia no programa “A Hora do Povo”, na Rádio Rondônia em rede estadual. “Infelizmente não poderei falar com todas as emissoras devido ao tempo, mas tenho certeza que a população saberá a verdade dos fatos”, finalizou Cassol. Entre uma entrevista e outra o governador concederá entrevistas à veículos do interior por telefone, esclarecendo a população de todo o estado de Rondônia sobre a greve dos auditores fiscais e as conseqüências para a população.

Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions