Rondônia, terça-feira, 2 de junho de 2020
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Geral

Publicado em Quinta, 19 de Março de 2020 - 17h54

Coronavírus: Empresários buscam apoio do Governo para crise não quebrar empresas

da Redação


Coronavírus: Empresários buscam apoio do Governo para crise não quebrar empresas

Empresários de vários seguimentos se reuniram na sede do Sindicato do Comércio Atacadista de Rondônia (Singaro) na tarde desta quinta-feira (19), para debater a situação das empresas, após a edição dos decretos de emergência na saúde pública como forma de enfrentamento ao Coronavírus.

Uma reunião na Casa Civil foi marcada para esta sexta-feira (20), onde os empresários irão cobrar do Estado ações econômicas para que a classe empresarial não sofra grandes prejuízos. A reunião contará com a participação do secretário de planejamento e finanças.

O presidente da Associação dos Proprietários Rurais de Rondônia (APRRO), Adélio Barofaldi, disse esperar que o Governo tenha sensibilidade e atenda os empresários no modo geral, para que eles tenham uma saída mais tranquila de tudo que está acontecendo. “Se o Governo puder, nesse momento, não tirar o dinheiro do empresário que faça isso agora porque daí temos sustentação para aguentar passar esse momento difícil que estamos vivendo. Se a gente tiver que atender o Governo ou a empresa, com certeza vamos atender a nossa empresa, aí o Governo vai ficar sem receber, deixando automaticamente o empresário inadimplente e isso nós não queremos”, disse.

Segundo o presidente do Instituto de Ação Empresarial de Rondônia, Francisco Holanda, a grande preocupação do setor empresarial é discutir com as autoridades medidas que venham socorrer o setor. “Estamos vendo algumas posições sendo tomadas a nível estadual e municipal, sem que haja uma conversa com o setor produtivo, sem que haja uma contrapartida. Estamos vendo o comércio fechar, mas como vão ficar os empregados, as obrigações tributárias e trabalhistas. Precisamos discutir isso. Queremos uma saída que venha suavizar o sofrimento que está vindo acima da realidade. Se não houver uma posição do Governo, vai vir uma crise financeira porque não teremos condições de sobrevivência”, diz.

O presidente da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes, Valdir Vargas, disse que está buscando alguns pleitos para viabilizar a questão econômica e mitigar o dano que a pandemia tem causado. “Sem faturar, as empresas terão serias dificuldade. Lógico que com a falta de faturamento vai haver dificuldades na hora de arcar com seus compromissos, e uma delas é deixar de pagar os trabalhadores. Nós estamos buscando medidas para que o governo federal se responsabilize pelo salário dos colaboradores via seguro desemprego, sem que haja necessidade de demissão. Essa é uma medida para preservar os empregos e as empresas”, enfatizou o presidente.

De acordo com a presidente da CDL, Joana Joanora, o varejo está passando por dificuldades. “As pessoas estão se recuando do comércio e deixando de comprar. A gente precisar saber o que os governantes vão fazer para ajudar a manter a economia do nosso Estado. O comércio precisa continuar funcionado porque os empresários precisam pagar seus impostos e funcionários”, disse.


Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions