Rondônia, 03 de Dezembro de 2022
Jornal Rondoniagora
Siga o Rondoniagora

Geral

Eletrobras encontra “gato” e corta energia de escola de Porto Velho

Quarta-feira, 16 Novembro de 2016 - 15:30 | Da redação


Eletrobras encontra “gato” e corta energia de escola de Porto Velho

Os alunos da Escola Municipal de Ensino Fundamental João Afro Vieira, localizada na Vila Princesa, em Porto Velho, estão sem aulas há quase 15 dias porque a energia da escola foi cortada. A Eletrobras Distribuição Rondônia confirma e diz que o corte aconteceu em razão de um “gato” no local.

A escola possui 165 alunos do 1º ao 5º ano do ensino fundamental que estão em casa, sem poder frequentar a escola. Mesmo no calor e sem iluminação, a diretora da escola, Greice Deni, estava na unidade de ensino nesta quarta-feira (16). Ao RONDONIAGORA, ela contou que quando foi trabalhar na escola, ela já estava em funcionamento. “Nunca recebemos nenhuma notificação apontando que a escola precisava se adequar. E no dia 4 de novembro, eles (técnicos da Eletrobras) chegaram aqui, sem ao menos notificar a escola sobre essas irregularidades, e cortaram a energia”, garante a diretora. Ela afirma ainda que funcionários da Prefeitura diziam que o ligação estaria irregular, mas ela não sabia qual seria o erro, por não haver documento informando.

Após o corte, as aulas foram suspensas e para não estragar a merenda escolar, os diretores se revezam e a cada dia, um compra gelo para tentar manter carne, frango, verduras e polpas de frutas congeladas dentro do freezer.

Em relação a suspensão das aulas, a diretora afirma que não há condições devido ao forte calor. “No mesmo dia que eles cortaram a nossa luz, de imediato comunicamos a secretaria sobre o caso e cancelamos todas as aulas, porque não há como deixar as crianças em sala de aula com esse calor. Onde foi detectado o erro, nós já regularizamos e comunicamos a empresa que fez o corte, e estamos aguardando a religação”, afirma a diretora.

Por telefone, a assessoria da Eletrobras disse que a escola, mesmo com o padrão estava furtando energia, o fornecimento era feito por um fio direto do poste para a escola. Ainda conforme a assessoria, se a escola já tiver regularizado todas as pendências e solicitado a religação, ela deve ser normalizada nos próximos dias.

Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News

Veja Também