Rondônia, terça-feira, 19 de fevereiro de 2019
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Geral

Publicado em Quinta, 07 de Fevereiro de 2019 - 15h22

Empresários alertam para os riscos de interdição da BR-364

da Assessoria


Empresários alertam para os riscos de interdição da BR-364

Com a interdição da BR-364 na cabeceira da ponte sobre o córrego Andirá, proximidades da Fazenda Nova Vida, entre Ariquemes e Jaru, ocorrida na noite de quarta-feira, parte de Rondônia e o Estado do Acre estão isolados. A interrupção total do trânsito foi feita pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) após a ponte ceder em razão das fortes chuvas na região.

Existem desvios, mas que não garantem trafegabilidade e a rodovia segue interditada no km 464, sem previsão de liberação. Ainda existem outros pontos críticos nos quilômetros 501, 492, 444, 426 e 417, que chegaram a ser interditados devido a alagação, mas que foram liberados conforme a água baixou.

Trata-se de um problema recorrente na BR-364 que preocupa o setor empresarial tendo em vista o fato de que o colapso da rodovia, a única ligação terrestre de Rondônia, Amazonas e Acre com o restante do país, representa um grave problema para a economia desses estados e do Mato Grosso do Norte, de vez o escoamento de cerca de 5 milhões de toneladas de soja são feitas via esta rodovia federal.

O presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Rondônia, Raniery Araújo, afirma que a entidade tem solicitado, sistematicamente, solução para o problema, na medida em que a rodovia não resiste mais ao intenso tráfego, que mais que duplicou nos últimos 10 anos, e, que, apesar das promessas do governo federal de recursos para sua manutenção e duplicação da pista, o que se observa é que “Cresce o tráfego, a manutenção tem sido precária e com o aumento do trânsito de bitrens a situação somente tem piorado, inclusive sobre o ponto de vista de acidentes e mortes”. 

Para Raniery, a solução é a construção da Ferrovia da Soja, mas, “ainda assim, no curto prazo é preciso continuar melhorando a estrada, oferecendo maior segurança e garantir sua trafegabilidade”. A Fecomércio Rondônia, desde o ano passado, quando a rodovia apresentou problemas próximo a Riozinho, a entidade já havia se manifestado junto as autoridades e parlamentares pedindo rapidez na recuperação de uma estrada indispensável para a Amazônia Ocidental.

Os empresários do setor de supermercados, tem cobrado medidas efetivas e investimentos dos governos na melhoria da infraestrutura viária, em especial da BR-364, “É preocupante a interdição da BR-364 não apenas por causa dos efeitos econômico e sim, em especial, por razões de abastecimento das principais cidades da região”. Efetivamente, a grande maioria das cargas são de alimentos, bebidas, remédios e outros bens essenciais para a população.

A interdição provoca sérios problemas com a perspectiva, de que se estender por muito tempo, de provocar aumento de preços e crises de abastecimento de produtos. Por tal razão, em especial, é que o presidente Raniery Araújo pede uma solução urgente: “A interdição da BR-364 pode ocasionar desabastecimento e deve ser tratada como uma emergência para evitar o crescimento do problema”.


(Disponível em https://www.rondoniagora.com/geral/empresarios-alertam-para-os-riscos-de-interdicao-da-br-364)
Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions