Rondônia, quarta-feira, 30 de setembro de 2020
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Geral

Publicado em Quinta, 12 de Janeiro de 2017 - 12h40

Funcultural anuncia recurso de R$ 400 mil para escolas de samba em Porto Velho

da Redação


Funcultural anuncia recurso de R$ 400 mil para escolas de samba em Porto Velho

A prefeitura de Porto Velho garantiu na manhã desta quinta-feira que vai participar do Carnaval 2017. Porém, algumas mudanças foram anunciadas pela Fundação Cultural (Funcultural) e a Federação das Escolas de Samba de Rondônia (Fesec). Entre elas a parceria com os blocos da cidade e ainda o desfile das escolas de samba em um único dia. O recurso também já está confirmado no valor de R$ 400 mil.

Segundo Ocampo Fernandes, presidente da Funcultural, apesar da falta de recursos e de trabalhadores na fundação, o município irá incentivar o carnaval em Porto Velho e disponibilizará R$ 400 mil para serem repassados às escolas de samba. “Estamos lançando hoje a chamada pública do edital para que uma instituição cultural se habilite a receber esse dinheiro e repassar às escolas de samba, assim agilizando o processo de tramitação que não é fácil. Precisamos disso, pois o carnaval já está muito em cima”, declarou o presidente.

Além do edital, a fundação também anunciou uma parceria entre os blocos de rua do município para que, em conjunto, seja feita uma captação de recursos via empresas privadas, ajudando o desenvolvimento dos blocos carnavalescos. “Para isso estamos montando uma parceria com um canal de televisão nacional que será a âncora dessa captação de recursos pois, o empresário, a partir do momento que ver um canal divulgando, irá apoiar com mais facilidade”, acredita Ocampo.

De acordo com o presidente, as mudanças serão mais percebidas em 2018, já que a partir de março deste ano a lei de incentivo a cultura começará a ser praticada, o que irá facilitar a chegada de capital para a instituição poder desenvolver suas atividades culturais. Ele também anunciou que, nos próximos dias, a Fundação fará alterações na Lei n°190, que fala sobre grandes eventos. Segundo Ocampo, esta lei é uma das maiores barreiras para o desenvolvimento da cultura no município. “Ela é um impeditivo para o desenvolvimento da cultura. Então, nós já estamos trabalhando nela, porém não com tanta rapidez quanto eu gostaria”.

A Fesec anunciou que, a partir de 2018 e graças a parceria do município com os blocos, 10% dos abadares de todos os blocos de rua serão disponibilizados gratuitamente para turistas. “Aos poucos nós vamos criando essa cultura que o turista de Porto Velho tem um carnaval de graça pra ele, e isso se faz com uma boa vontade e demonstrando que o nosso carnaval nos próximos anos voltará a ser o melhor da Amazônia, como já foi”, afirma o presidente da federação.

Instalação de Porto Velho

Antes do carnaval, a Funcultural realizará um evento para comemorar a instalação do município, no dia 24 de janeiro. O evento iniciará às 15 horas na Estrada de Ferro Madeira-Mamoré (EFMM) e terá apresentação de alguns artistas da região. Ele destacou que ela será realizada com custo zero, graças a parceria da Fundação com a Fecomércio, que disponibilizou os recursos.

Ocampo aproveitou e desmentiu a declaração que circulou na imprensa de que ele teria supostamente anunciado resolver todos os problemas da EFMM em seis meses ou pediria exoneração. “Nenhum idiota diz isso, muito menos eu”, comentou Ocampo, descontraído.

O presidente da Federação das Escolas de Samba de Rondônia (Fesec), Hudson Mamedes, também fez alguns anúncios. Além de elogiar a nova administração, destacando o grande apoio que prefeito Hildon Chaves vem dando ao cenário carnavalesco, ele falou sobre o novo modelo de desfile que o município está planejando para 2018. Segundo ele, com a parceria que estão recebendo, será possível a realização de um carnaval satisfatório, porém ainda não ideal.

“Ano que vem nós queremos fazer o carnaval em quatro dias, sendo que a Banda do Vai Quem Quer continuará no sábado, como é de tradição, os blocos ficam com dois dias, sendo domingo e segunda e na terça as escolas desfilam”, afirmou Hudson. Segundo ele, o planejamento reduzirá também os corredores. “Hoje existem quatro ou cinco, mas queremos fazer apenas dois. O da Banda, pois é cultural e os blocos ficariam em um só corredor”. Para a federação e para a fundação cultural, essa medida irá facilitar o trabalho da segurança e da prefeitura e irá potencializar a parte comercial, atraindo patrocinadores e parceiros.


Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions