Rondônia, 21 de abril de 2024
Jornal Rondoniagora
Siga o Rondoniagora

Geral

População deve redobrar cuidados com a gripe e tétano durante o período chuvoso

Quarta-feira, 28 Fevereiro de 2024 - 13:59 | SMC


População deve redobrar cuidados com a gripe e tétano durante o período chuvoso

Com a intensificação das chuvas e diminuição das temperaturas, casos de gripe e tétano tendem a aumentar durante o período chuvoso. Por isso, a Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) orienta a população sobre medidas preventivas que podem evitar adoecimentos. Em Porto Velho, a vacina contra a influenza e antitetânica estão disponíveis nas unidades de saúde do município.

Segundo o médico da Semusa, Cesar Oliveira, durante o inverno amazônico é preciso redobrar os cuidados com a saúde.

“Nesta época do ano, os casos de gripe aumentam por diversos motivos. Alguns deles são a aglomeração de pessoas em lugares fechados com pouca ventilação, facilitando a transmissão do vírus. Outro ponto importante é a mudança de temperatura, que pode afetar o sistema imunológico da população”, relata o médico.

O médico explica também, que, com a temporada de chuvas, ruas alagadas acabam sendo mais recorrentes neste período, o que facilita os casos de tétano acidental.

“O tétano acidental é uma infecção causada pela bactéria Clostridium tetani, que é geralmente encontrada na água suja, poeira, galhos e em fezes de animais. Ele acessa o organismo através de ferimentos ou lesões de pele. As águas das enchentes que transbordam carregando consigo lama e lixo e, consequentemente, facilitando o contato com entulhos e destroços podem provocar lesões na pele e o adoecimento por tétano”, esclarece.

Segundo o Ministério da Saúde (MS), a gripe é uma infecção aguda do sistema respiratório, provocado pelo vírus da influenza, com grande potencial de transmissão. Ao todo são quatro tipos de vírus: A, B, C e D. Influenza A e B são responsáveis por epidemias sazonais, sendo o vírus influenza A responsável pelas grandes pandemias.

Os principais sintomas da gripe são: febre, dor de garganta, tosse, dor no corpo e dor de cabeça.

Já o tétano acidental é uma doença grave, não contagiosa, que é encontrada na natureza. Quando não tratado corretamente, pode matar. Entre os sinais e sintomas tétano estão: câimbras musculares, rigidez abdominal, dificuldade de abrir a boca, dores nas costas, braços e pernas.

“A principal forma de prevenção dessas doenças é a vacinação, que está disponível, gratuitamente, em toda a rede municipal”, finaliza o médico da Semusa.

Vacinação

Em Porto Velho, a campanha de vacinação contra a gripe estará disponível somente até o dia 29 de fevereiro. Por isso, é importante que quem ainda não recebeu o imunizante procure uma unidade mais próxima de sua casa.

A vacina contra gripe e tétano está sendo ofertada em todas as unidades de saúde da capital. Para se vacinar, o cidadão deve se dirigir até uma unidade de saúde, portando cartão do SUS ou CPF.

Confira os locais e horários de vacinação neste link.

Além da vacinação, a Semusa orienta a população a adoção de outras medidas de prevenção durante o período chuvoso. São elas:

Lavar as mãos com água e sabão ou use álcool em gel, principalmente antes de consumir algum alimento;

Utilizar lenço descartável para higiene nasal;

Cobrir o nariz e boca ao espirrar ou tossir;

Evite tocar mucosas de olhos, nariz e boca;

Não compartilhe objetos de uso pessoal, como talheres, pratos, copos ou garrafas;

Mantenha os ambientes bem ventilados;

Evite contato próximo a pessoas que apresentem sinais ou sintomas de gripe;

Evite sair de casa em período de transmissão da doença;

Evite aglomerações e ambientes fechados;

Utilizar de equipamentos de proteção individual como botas, luvas, capacetes e outros;

Evitar contato com água de enchentes, alagações;

Não nadar ou tomar banho com água contaminada pela inundação;

Cobrir cortes ou arranhões com bandagens à prova d’água.

Rondoniagora.com

SIGA-NOS NO Rondoniagora.com no Google News

Veja Também