Rondônia, quinta-feira, 22 de outubro de 2020
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Geral

Publicado em Sábado, 28 de Março de 2009 - 12h53

ROMBO NA ASTIR COMEÇA A APARECER: PMS PAGAVAM VINHO, FILÉ E PIRARACU A EX-DIRETORES

RONDONIAGORA.COM


Os desmandos na Associação Tiradentes dos Policiais Militares e Bombeiros Militares de Rondônia (ASTIR) podem ser maiores do que se imaginava, revela relatório da Comissão de Sindicância Interna, instituída para apurar irregularidades. No total, nada menos que 35 inquéritos apuratórios foram abertos, mas apenas 8 já foram concluídas. No entanto, o pouco que se apurou já demonstra total descontrole com as finanças e uma certeza: a diretoria destituída tinha inúmeros privilégios e abusava do dinheiro de seus associados.

Para se ter uma idéia, foram descobertos que no comando dos Pms GETÚLIO GOMES DO CARMO (diretor executivo) e MARCELO FARIAS BRAGA (vice-diretor executivo) eram adquiridos diversos tipos de alimentos caros como vinho, pirarucu e filé de dourado. Mas a dilapidação dos cofres da entidade fica mesmo patente com uma descoberta inusitada: a compra de duas toneladas de coxa e sobre-coxa de frango para consumo dos pacientes e funcionários do Hospital Tiradentes em 10 meses. “Provado também que a quantidade de duas toneladas de coxa e sobre-coxa em muito ultrapassam as necessidades diárias de consumo individual de carne, apurado por simples cálculo de tabela nutricional versus pessoas que podiam ser alimentadas, demonstrando assim descontrole dos acusados com relação à aquisição de mistura para a cozinha do Hospital Tiradentes”.

Mas não é só: A ASTIR contratou até mesmo ume empresa de consultoria, por R$ 33.705 para confeccionar o Plano de Cargos e Salários dos funcionários da ASTIR. A sindicância descobriu também que a direção autorizou a confecção de 2.000 adesivos plásticos para estacionamento de carros e motos, sendo que a associação não possui estacionamento próprio.

Entre as sindicâncias ainda não concluídas, a comissão quer saber porque os relatórios contábeis da gestão do atual deputado Wilber Carlos dos Santos Coimbra, referentes ao ano de 2.004 nunca foram assinados. Os diretores destituídos eram ligados ao parlamentar rondoniense.


CLIQUE AQUI E CONFIRA O RELATÓRIO PARCIAL DA COMISSÃO DE SINDICÂNCIA


Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions