Rondônia, domingo, 19 de agosto de 2018
Últimas Notícias   Rondoniagora.com no Facebook Rondoniagora.com no Twitter Rondoniagora.com no Youtube

Política

Publicado em Terça, 18 de Janeiro de 2011 - 09h46

AFASTADO POR QUASE QUEBRAR A ASTIR GANHA CARGO DE DIRETOR DE TECNOLOGIA NO GOVERNO CONFÚCIO

RONDONIAGORA


AFASTADO POR QUASE QUEBRAR A ASTIR GANHA CARGO DE DIRETOR DE TECNOLOGIA NO GOVERNO CONFÚCIO

Afastado por várias irregularidades quando era vice-diretor da Associação Tiradentes dos Policiais Militares e Bombeiros Militares (ASTIR), o policial militar Marcelo Farias Braga deu a volta por cima no Governo de Confúcio Moura (PMDB). A edição do dia 14 do Diário Oficial traz a nomeação do ex-dirigente da ASTIR como Diretor Executivo de Tecnologia da Informação, da Secretaria de Assuntos Estratégicos, mesma pasta que gerencia o “Núcleo de Imaginação Permanente” no Estado para empregar gente que gosta de “escutar conversa de rua", como o próprio Confúcio disse.

A decisão do governador vai novamente contra suas próprias declarações antes e depois das eleições. O rigor com que diz tratar a coisa pública esbarra em nomeações de pessoas que já tiveram algum envolvimento com irregularidades, como as recentes nomeações de envolvidos na Operação Dominó. Nesta terça-feira, Confúcio Moura mandou um desses envolvidos, Gebrim Abdala Augusto dos Santos gerenciar os telefones celulares de seus assessores de primeiro escalão. “Falei pra ele - que nada rapaz! Mande a metade apenas e avise que não tem mais. E além disso estipule a cota mensal de ligações, passou do limite estabelecido que se desconte dele na folha de salário. Quero ver quem não obedece.”, afirmou no blog.

No entanto, o rigor mesquinho do governante esbarrou nas nomeações. No caso do PM Marcelo, por exemplo, ele, juntamente com o então diretor, Getúlio Gomes do Carmo, foi afastado pelos próprios associados e uma junta governativa teve que assumir para não deixar a ASTIR quebrar. Os dois ainda tentaram sem sucesso retornar aos cargos por decisões judiciais, mas o Judiciário não permitiu. No Governo Confúcio, Marcelo vai receber como CDS algo em torno de R$ 8 mil e comandar licitações para todo o setor tecnlógico de Rondônia. Confira a seguir as irregularidades encontradas pelas investigações na ASTIR:

ROMBO NA ASTIR COMEÇA A APARECER: PMS PAGAVAM VINHO, FILÉ E PIRARACU A EX-DIRETORES

CONFIRA A ATA DE DESTITUIÇÃO DOS EX-DIRETORES


Rondoniagora.com





2016 © Rondoniagora.com - Jornal Rondoniagora é uma publicação de Central de Jornalismo, Produção, Marketing e Assessoria Ltda. Todo o noticiário, incluindo vídeos, não podem ser publicados, retransmitidos por broadcast, reescritos ou redistribuídos sem autorização escrita da direção, mesmo citando a fonte.

Avenida Guaporé, 4248 - Bairro Igarapé - Porto Velho - RO (69) 3225-9705

Desenvolvido por
Idalus Internet Solutions